);
Acesso ao Portal do Investidor Abra sua Conta Renovação Cadastral
atendimento@simpaul.com.br
0800 878 6546

Dicionário

LetraTermoDefinição
AAbertura de Capital:Democratização do capital social de uma empresa que tem suas ações distribuídas entre um determinado número de acionistas.
AABAMEC:Associação Brasileira dos Analistas dos mercado de Capitais.
AAAA:Classificação dada pela Standard&Poor´s aos títulos de corporações ou de governo da mais elevada qualidade, nos quais o pagamento de juros é realizado no vencimento.
AABRASCA:Associação Brasileira das Sociedades Anônimas de Capital Aberto
AAção:É a menor parcela em que se divide o capital social de uma empresa. Possuir uma ação eqüivale a ser sócio de uma companhia.
AAção ao portador:Ação que não trazia o nome de seu proprietário, pertencendo a quem a tivesse em seu poder . Foi revogada pela lei 8201/90, e atualmente não existe mais.
AAção cheia (com):Ação cujos direitos (dividendos, bonificação, subscrição) ainda não foram exercidos até uma certa data.
AAção com valor nominal:Ação que tem um valor impresso, estabelecido pelo estatuto da companhia que a emitiu.
AAção endossável:Ação nominativa que pode ser transferida através de endosso.
AAção escritural:É uma ação mantida em conta depósito em nome de seu titular, sem emissão de certificado. A conta depósito é mantida, geralmente, em uma instituição financeira.
AAção nominativa:Ação na qual consta o nome do proprietário. A partir de 1990 esta é a única forma possível de circulação de uma ação. As ações ao portador e as endossáveis não são mais permitidas.
AAção ordinária:Tipo de ação que proporciona ao seu proprietário o direito de voto nas assembléias da empresa.
AAção Preferencial:Aquela que dá ao seu possuidor a prioridade na distribuição de dividendos e/ou no reembolso do capital.
AAção vazia (ex):Ação cujos direitos (dividendo, bonificação, subscrição) já foram exercidos.
AACC:Adiantamento de Contrato de Câmbio. É uma operação de crédito realizada pelos Bancos Comerciais, através da carteira de câmbio, com os exportadores, consistindo na antecipação do preço da moeda estrangeira que o banco negociador das dívidas concede ao exp
AAccount and Risk:Acordo entre corretor e cliente, pelo qual todas as transações realizadas pelo corretor correm por conta e risco do cliente.
AACE:Adiantamento sobre cambiais entregues. É uma operação de antecipação de capital que ocorre quando a mercadoria já está pronta e embarcada, podendo ser solicitada em até 60 dias após o embarque.
AAcionista:Quem possui ações de uma sociedade anônima.
AAcionista majoritário:Aquele que detém uma quantidade tal de ações com direito a voto que lhe permite manter o controle acionário de uma empresa.
AAcionista minoritário:Aquele que é detentor de uma quantidade não expressiva (em termos de controle acionário) de ações com direito a voto.
AAccrued Dividends:Dividendos acumulados não pagos.
AAdministração Ativa:Tipo de estratégia em que o administrador de um fundo compra e vende ações tentando obter uma rentabilidade que supere a do índice estabelecido como referência. A diferença com a administração passiva, é que na ativa não há a réplica da carteira do índice
AAdministração Passiva:Tipo de estratégia na qual o administrador do fundo investe em ações buscando replicar a carteira de um índice previamente definido. Assim, o retorno do fundo corresponderá aproximadamente ao retorno do índice escolhido.
AAdministrador de carteira:Profissional responsável pela gestão, administração e controle de uma carteira diversificada de títulos.
AADR's (American Depositary Receipts):Recibos de ações através do qual empresas não americanas podem negociar seus papéis no mercado dos EUA.
AAfter Market:Pregão eletrônico que ocorre após o fechamento do pregão regular. Só são autorizadas operações no mercado à vista.
AAgente Autônomo de investimentos:Pessoa que se dedica à colocação de títulos, valores e serviços financeiros junto ao público.
AÁgio:Diferença paga a mais sobre o valor nominal de um título.
AAlavancagem:Equivalente em inglês - financial leverage. É o grau de utilização de recursos de terceiros para aumentar as possibilidades de lucro, aumentando consequentemente o grau de risco da operação. Ex.: Quanto maior o grau de endividamento de uma empresa, maior
AAlta:Tendência do mercado de ações em geral, ou de determinada ação, em que há elevação do preço dos papéis.
AAmortização:Pagamento de empréstimo por meio de reduções programadas do montante emprestado.
AAMEX (American Stock Exchange):É uma dos bolsas de Nova Iorque, a outra é a NYSE (New York Stock Exchange).
AANA - Aviso de Negociação de Ações:Comprovante de operações enviado pela Bolsa de Valores ao investidor.
AAnálise Fundamentalista:Encarrega-se da projeção do comportamento de preços de ações a partir do estudo de características do negócio. Usa demonstrações financeiras divulgadas pela empresa, além de informações setoriais e macro econômicas para fundamentar as recomendações.
AAnálise Gráfica:Também conhecida como análise técnica, projeta o comportamento de preços de ações, baseando-se em gráficos construídos a partir da variação das cotações passadas. Tem por objetivo identificar padrões gráficos que sinalizem o comportamento futuro de um pap
AAnálise Horizontal:Técnica de avaliação que indica a evolução de cada conta de um período para outro, isto é, a variação percentual de cada item das demonstrações financeiras.
AAnálise Vertical:Técnica de avaliação que indica o peso de cada conta em relação ao total de ativos no caso do balanço e a representatividade de cada linha do DRE em relação à receita líquida.
AANBID:Associação Nacional dos Bancos de Investimento.
AANCOR:Associação Nacional das Corretoras de Valores.
AAndar de lado:Mercado sem tendência definida.
AANDIMA:Associação Nacional das Instituições do Mercado Aberto. Engloba sociedades corretoras e distribuidoras de valores, bancos comerciais, múltiplos e de investimento.
AAnnual yield:Rendimento Anual
AAno fiscal:Período geralmente correspondente a 12 meses, no final do qual as contas são fechadas para determinar os resultados das operações financeiras, tributárias, orçamentárias.
AAplicação:Emprego de recursos para aquisição de títulos com intuito de auferir rendimentos.
AApólice:Documento emitido pelo Segurador após aceitação da cobertura de risco proposta pelo Segurado.
AAposta:Decisão de investimento baseada em expectativas de ganho ou retorno, com certo grau de incerteza. Ex.: estimativa baseada em análises para projeção de uma cotação no futuro.
AApregoação:Ato executado por um operador no pregão, que menciona o papel, o tipo, a quantidade de títulos e o preço pelo qual se pretende fechar o negócio, seja compra ou venda.
AArbitragem:Realização de transações simultâneas em dois ou mais mercados. Também significa a sistemática que possibilita um investidor comprar em uma bolsa e vender em outra, a mesma ação, em iguais quantidades, desde que haja convênio firmado entre as duas bolsas.
AAssembléia Geral Extraordinária (AGE):Reunião dos acionistas, convocada e instalada na forma da lei e dos estatutos, com intuito de deliberar sobre qualquer matéria de interesse da sociedade.
AAssembléia Geral Ordinária (AGO):Reunião convocada com obrigatoriedade pela diretoria de uma S.A. Serve para verificação dos resultados, discussão e votação dos relatórios de diretoria, além da eleição do conselho fiscal da diretoria. Realizada até quatro meses após o encerramento do exe
AAsset:Ativo.
AAsset Allocation (alocação de recursos):É o ato selecionar, entre os diversos tipos de ativos, aqueles comporão a carteira do fundo e em que percentual.
AAtivo:Bens, direitos e valores pertencentes a uma empresa ou pessoa. Em inglês é conhecido como Asset.
AAtivo Circulante:São os ativos de maior liquidez da empresa, isto é, mais fáceis de serem convertidos em dinheiro. Nos termos contábeis, significa os bens e direitos a realizar num prazo inferior a um ano. Ex.: Caixa, aplicações financeiras de curto prazo, estoques, clien
AAtivo Fixo ou Ativo Permanente:Ativos que a empresa não pretende se desfazer no curto prazo e que são difíceis de serem convertidos dinheiro. Pode ser dividido em três contas: Investimentos, Imobilizado e Diferido. Na conta Investimentos classificam-se as participações societárias de c
AAtivo-objeto:Ativo primário dos derivativos. Ex.: ações designadas para um contrato de opções.
AAtivo Realizável a longo prazo:Ativo que tem expectativa de realização após um ano a partir da data do balanço.
AAtuário:Cálculo matemático usado para determinar o preço das apólices de seguro. È feito a partir do estudo das probabilidades de um certo acontecimento.
AAuditor Financeiro:Profissional responsável pela fiscalização das operações financeiras.
AAuditoria:Exame das operações financeiras de uma empresa, realizada de forma independente. Procura dar maior credibilidade às informações divulgadas.
AAumento de capital:Ato pelo qual se adicionam ao capital da empresa reservas e/ou novos recursos. Normalmente é feito mediante bonificação e/ou direitos de subscrição para os acionistas.
AAumento do valor nominal:Alteração do valor nominal de uma ação em conseqüência de reservas ao capital de uma empresa. Sem emissão de novas ações.
AAverbação:Anotação feita por autoridade competente em qualquer documento, referindo-se a fato que altere o conteúdo em questão.
AAversão a Risco:Característica dos investidores que não querem correr riscos e aceitam obter um retorno menor dos seus investimentos.
BBaixa:Tendência do mercado de ações em que o preço de um ou mais papéis sofre queda.
BBalança Comercial:Conta do balanço de pagamentos de um país. O saldo da balança comercial é a diferença entre o volume de exportações e o volume de importações de produtos e serviços realizadas pelo país em determinado período. Quando o valor das exportações é maior que o
BBalanceados:Fundos regulamentados pelo Banco Central ou pela CVM que busquem retorno no longo prazo investindo em diversas classes de ativos (renda fixa, ações, câmbio, por exemplo).
BBalanço:Demonstrativo contábil do estado patrimonial e da situação econômico financeira de uma empresa, referente ao fim de um exercício social. É nele que são registrados os bens, direitos e obrigações da empresa, dispostas em conta de ordem crescente de liquide
BBalanço de Pagamentos:Registro de todas as transações de caráter econômico-financeiro realizadas por residentes de um país com residentes dos demais países, isto é, demonstrativo das contas externas de um país. Pelo Balanço de Pagamentos conhece-se a forma de dividir o fluxo d
BBallooning:Manipulação ilegal para valorizar ações.
BBanco Central do Brasil:É um órgão federal que atua como o banqueiro do Governo, responsável por gerir o sistema financeiro, fazendo cumprir as disposições que regulam o funcionamento do sistema. Entre suas principais atribuições estão a emissão de moeda, o financiamento da dívi
BBanco Múltiplo:Instituição financeira que opera com mais de uma carteira (comercial, investimento, crédito, etc).
BBarrigada:Queda acentuada seguida de recuperação, do preço do papel ou do índice da Bolsa durante um pregão.
BBase Monetária:Conjunto de moedas em circulação no país mais os depósitos à vista junto às autoridades monetárias.
BBear:Especulador que espera uma baixa do mercado.
BBear market:Mercado de baixa.
BBenchmark:Ponto de referência ou unidade padrão para que se estabeleçam comparações entre produtos, serviços, processo, títulos, taxas de juros, etc., com finalidade de saber se os demais encontram-se acima ou abaixo em relação ao que serve como referência.
BBenefícios:Bonificações, dividendos e direitos de subscrição distribuídos aos acionistas.
BBeta:Medida de risco que mensura a sensibilidade do ativo em relação a determinado índice. Ex.: Se uma ação tem comportamento igual ao Ibovespa, ela possui beta=1. Se a ação variar mais que o Ibovespa, mas no mesmo sentido, ela terá beta maior do que um. Se va
BBID:O Banco Interamericano de Desenvolvimento é um órgão internacional que ajuda países subdesenvolvidos e em desenvolvimento na América Latina.
BBid:Oferta, proposta, lance de compra.
BBig Board:Apelido da Bolsa de Valores de Nova Iorque (Nyse).
BBIRD:Conhecido como Banco Mundial, é um órgão internacional de ajuda a países subdesenvolvidos e em desenvolvimento no Mundo.
BBlack fryday:Sexta-feira negra (colapso financeiro). Expressão nascida na crise de 1929.
BBlack Market:Mercado negro.
BBlock-trade:Negociação envolvendo um grande lote de ações em bolsas de valores.
BBloqueio de posição:Operação pela qual um aplicador impede o exercício de sua posição mediante a compra, em pregão, de uma opção da mesma série da anteriormente lançada.
BBlue Chip:Ações de empresas tradicionais e de grande porte, com grande liquidez e procura no mercado de ações. O termo provem do jogo de pôquer, no qual as "fichas azuis" são as de maior valor.
BBM&F- Bolsa de Mercadorias e Futuros:Bolsa onde são negociados contratos derivativos de juros, câmbio, bolsa e de mercadorias como ouro e café.
BBNDES:O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social é um Órgão governamental dedicado a implementação de políticas de investimentos empresariais de longo prazo no Brasil.
BBoleto:Documento no qual os operadores registram os negócios de compra e venda de ações no recinto de negociações das Bolsas Valores.
BBolsa de Valores:Associação civil sem fins lucrativos, que possui entre outros objetivos, manter local ou sistema de negociação eletrônico, adequados à realização, entre seus membros, de transações de compra e venda de títulos e valores mobiliários; preservar elevados pad
BBolsa em alta:Ocorre quando o índice fechamento de determinado pregão é superior ao índice de fechamento do dia anterior.
BBolsa em baixa:Ocorre quando o índice de fechamento de determinado pregão é inferior ao índice de fechamento do dia anterior.
BBolsa estável:Ocorre quando o índice de fechamento de determinado pregão está no mesmo nível do índice de fechamento do dia anterior.
BBond:Nota promissória emitida em múltiplos de US$ 1 mil ou US$ 5 mil. É a prova da dívida de uma companhia para com o possuidor do título.
BBond rating:Expressão em inglês utilizada para a classificação de títulos transacionados no mercado. Standard&Poor´s, Moody´s e Fitch são empresas que fazem tal classificação.
BBonificação em ações (filhotes):Ações emitidas por uma empresa em decorrência de aumento de capital, realizado por incorporação de reservas e/ou de outros recursos, e distribuídas gratuitamente aos acionistas, na proporção da quantidade de ações que já possuem.
BBonificação em dinheiro:Distribuição aos acionistas, além dos dividendos, de valor em dinheiro referente a reservas até então não incorporadas.
BBônus de Subscrição:Título negociável, emitido por uma empresa dentro do limite de aumento do capital autorizado nos estatutos e que dá direito à subscrição de ações.
BBook Value:Valor patrimonial.
BBoom:Fase no mercado de ações em que o volume de transações ultrapassa, acentuadamente, os níveis médios em determinado período. As cotações atingem níveis muito altos. É um período de rápida e elevada expansão das atividades econômicas.
BBOVESPA - Bolsa de Valores do Estado de São Paulo:Principal Bolsa de Valores do país.
BBottom:Preço das ações após uma longa baixa.
BBradies:Títulos emitidos por países emergentes para renegociação de suas respectivas dívidas externas a partir de 1994. O nome "brady" provem do idealizador desse processo e então secretário do Tesouro americano, Nicholas Brady.
BBroker:É o corretor que compra e vende títulos por conta de clientes, recebendo comissões.
BBTC - Banco de Títulos Calispa:Serviço oferecido pela Calispa que permite aos investidores disponibilizar suas ações custodiadas na BOVESPA (doadores) para empréstimo a outros investidores interessados(tomadores).
BBubble:“Bolha”.
BBull:Especulador que espera uma alta do mercado.
BBull Market:Mercado otimista.
BBVRJ:Bolsa de Valores do Estado do Rio de Janeiro
CCabeça:Formação que surge após um movimento de alta no estudo de comportamento de uma ação, feito pelo gráfico de barras.
CC-Bond:Um dos Títulos de dívida externa do governo brasileiro com vencimento em 2014.
CCaderneta de Poupança:Contas sobre cujos depósitos são creditados, mensalmente, juros e correção monetária, uma vez observada a condição de saque e depósitos sejam feitos em épocas predeterminadas. É o único investimento garantido pelo Governo Federal, sendo também isento de i
CCaixa de registro e liquidação:Empresa responsável pela liquidação e compensação das operações realizadas em bolsa.
CCalispa:Empresa controlada pela Bolsa de Valores de São Paulo. Sua função é compensar e liquidar financeiramente as operações realizadas na BOVESPA.
CCall:Opção de Compra de Ações.
CCâmara de Compensação:Local onde se realiza a compensação de cheques, onde os bancos trocam, mutuamente, seus cheques a fim de evitar a movimentação de grande quantidade de dinheiro, caso os bancos tivessem que liquidá-los em suas caixas.
CCâmbio Flutuante, Operação de:Realizar a conversão de Reais por dólar no mercado flutuante.
CCâmbio Negro ou Câmbio paralelo, Operação de:Realizar a conversão de Reais por dólar no mercado paralelo.
CCâmbio, Operação de:Consiste em vender, trocar ou comprar valores, em moedas de outros países ou papéis que representem moedas de outros países.
CCandlestick (gráfico de velas japonesas):Usado na Análise Técnica, é uma variante do gráfico de barras, na qual o espaço entre a abertura e o fechamento é representado por um paralelogramo ou corpo, um pouco mais largo que a barra simples e que é branco ou transparente em caso de alta ou escuro
CCapital:É a soma de todos os recursos, bens e valores, mobilizados para a constituição de uma empresa.
CCapital aberto:Empresa com ações registradas na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e distribuídas entre um determinado número de acionistas. Podem ser negociadas em bolsas de valores ou no mercado de balcão.
CCapital circulante líquido:Ativo Circulante menos o Passivo Circulante.
CCapital de giro:Parte dos bens de uma empresa representados pelo estoque de produtos e pelo dinheiro disponível. É utilizado pela empresa para financiar sua produção, suas vendas, seu estoque
CCapital de risco:É o montante investido em atividades nas quais existe possibilidade de perdas, mas ao mesmo tempo, chance de ganhos superiores. Geralmente é uma operação em que pequenas e médias empresas recebem injeção de recursos, “venture capital”.
CCapital de Terceiros:Valor dos recursos de terceiros utilizados para a manutenção da atividade de uma empresa.
CCapital Fechado:Sociedade anônima com capital de propriedade restrita, geralmente uma empresa familiar.
CCapital Financeiro:É o capital representado por títulos, obrigações, certificados e outros papéis negociáveis e que podem ser convertidos em dinheiro com rapidez, isto é, possuem boa liquidez.
CCapital Garantido:Tipo de fundo de renda variável que protege o investimento inicial em caso de uma variação negativa do Índice Ibovespa. A rentabilidade do fundo é positiva se a rentabilidade do Índice Ibovespa também for positiva. Mas se o Índice Ibovespa cair, o investi
CCapital Social (Equity Capital):Soma de todos os recursos, bens e valores mobilizados para a constituição de uma empresa.
CCapital social subscrito a integralizar:Parcela de subscrição que o acionista deverá pagar, de acordo com determinação do órgão que autorizou o aumento de capital de uma sociedade.
CCapital Subscrito:Valor efetivamente depositado na empresa pelos acionistas.
CCapitalização:Aplicação, reinversão ou reaplicação dos resultados ao patrimônio de uma empresa.
CCaptação:Obtenção de recursos para aplicação a curto, médio e/ou longo prazos.
CCarência:Período em que o investidor sofrerá alguma penalização se resgatar os seus investimentos em um fundo de investimento. Também significa o tempo concedido pelo credor, durante o qual o devedor não paga o principal da dívida, mas apenas os juros.
CCarregamento:É a parcela que incide sobre as contribuições pagas, para atender às despesas administrativas, de corretagem e colocação do plano de previdência.
CCarry (to):Manter ou carregar uma posição em carteira.
CCarta de Crédito:Carta cujo signatário autoriza o destinatário a entregar a uma terceira pessoa certa importância em dinheiro ou determinada quantidade de mercadorias. A entrega se faz sob a garantia do signatário, de forma que ele exerce o papel de fiador na operação.
CCartão de Débito:É um cartão em que o cliente é debitado em conta corrente no ato da compra.
CCarteira:Conjunto de títulos ou valores monetários que são objeto de negociação por parte de um banqueiro, comerciante ou operador de bolsa de valores.
CCarteira de ações/títulos:Conjunto de ações/títulos de diferentes empresas/governos de propriedade de pessoas físicas ou jurídicas.
CCartel:Grupo de empresas que fazem um acordo para agir coordenadamente, visando seus interesses comuns, como por exemplo um preço de negociação.
CCasamento de opções:Compra ou venda por um mesmo aplicador, de igual número de opções de compra e de venda sobre a mesma ação-objeto, com iguais preços de exercício e datas de vencimento.
CCash Cow:Expressão que designa uma empresa que entrega aos acionistas todos os ganhos a que tem direito na forma de dividendos, ou seja, na forma de dinheiro e não como bonificações em ações ou outra forma não-monetária.
CCash Yield:Indicador que mede o retorno financeiro de uma opção.
CCaução:Consiste no depósito de títulos ou valores efetuados para o credor, com o objetivo garantir o cumprimento de obrigação assumida.
CCautela:Certificado que materializa a existência de determinado número de ações. É conhecida também como título múltiplo.
CCDB:Certificado de Depósito Bancário é um título de renda fixa emitido por bancos comerciais e de investimento que rende juros, com resgates em prazos prefixados de 60, 90 e 180 dias.
CCDI:Certificado de Depósito Interbancário é um título criado pelo governo para lastrear as trocas de reservas de reservas financeiras entre as instituições bancárias. Este certificado é negociado exclusivamente entre bancos. A taxa média diária do CDI de um d
CCédula:Nome genérico dado a qualquer tipo de promessa de pagamento por escrito. Aplica-se também aos recibos emitidos por casas de penhor (cédulas de penhor), nos quais se especificam os objetos empenhados, o valor emprestado e o prazo de resgate.
CCédula Hipotecária:Título de crédito lastreado por hipoteca.
CCertificado:Documento que comprova a posse e a existência de uma certa quantidade de ações.
CCessão de Cotas:Ação de ceder a titularidade das cotas de um fundo para outra pessoa.
CCETIP:Central de Custódia e Liquidação de Títulos. É o local no qual se custodiam, registram e liquidam financeiramente as operações feitas com todos os papéis privados e os títulos estaduais e municipais que ficaram de fora das regras de rolagem.
CCFO (Chief Financial Officer):Diretor-financeiro ou chefe da diretoria financeira.
CChamada de bônus:Resgate de bônus pelo emissor, mediante o pagamento antes do vencimento.
CChamada de capital:Subscrição de novas ações para aumentar o capital de uma empresa. Pode ser com ou sem ágio.
CChapeludo:Investidor principiante no mercado de bolsa, em que tudo lhe parece novidade.
CCheque:Ordem escrita, emitida por uma pessoa ou empresa (sacador), para que uma instituição financeira (sacado) pague certa quantia a outra pessoa ou empresa (beneficiário).
CCiclo do Fluxo de caixa:Número de dias entre a aquisição de matéria-prima (no caso de indústria) e a conversão da venda do produto acabado em caixa. Quanto menor o período, melhor.
CCiclo Econômico:Flutuação periódica e alternada de expansão e contração de toda atividade econômica de um país ou de um conjunto de países. Um ciclo típico corresponde a um período de expansão econômica, seguido de um período de recessão, de um período de depressão e um
CCiclo Operacional:O Ciclo Operacional de uma empresa consiste no prazo decorrido entre a compra de matérias-primas e o recebimento das vendas.
CCiclo Financeiro:O Ciclo Financeiro de uma empresa consiste no tempo decorrido entre o pagamento aos fornecedores das matérias-primas e o recebimento das vendas.
CCircuit Breaker:Regulamento adotado pelas Bolsas de Valores, que interrompe o pregão toda vez que o índice tenha queda de dez pontos percentuais.
CCisão:É a operação pela qual a empresa transfere parcelas do seu patrimônio para uma ou mais sociedades constituídas para esse fim, extinguindo-se a empresa cindida no caso de versão de todo o patrimônio.
CClube de investimentos:Agrupamento de pessoa físicas com intuito de aplicar suas economias numa carteira diversificada de ações, respeitando regras específicas estabelecidas pela Bolsa de Valores e Comissões de valores Mobiliários.
CCNBV:Comissão Nacional de Bolsa de Valores é uma associação sem fins lucrativos, que tem como objetivo representar os interesses das Bolsas de Valores junto as autoridades administrativas e judiciárias.
CCobertura:Depósito dos títulos referentes a posições em operações de venda nos mercados a termo, opções ou futuro.
CCofins:Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social que incide sobre a receita bruta das empresas.
CColocação direta:Aumento de capital realizado através da subscrição de ações pelos atuais acionistas diretamente em uma empresa.
CColocação indireta:Aumento de capital realizado através de subscrição, no qual o total das ações é adquirido por uma instituição financeira ou por um grupo reunido em consórcio, para posterior colocação no mercado secundário.
CCombinação de opções:Compra ou venda de duas ou mais séries de opções sobre a mesma ação-objeto, porém com preços de exercício e/ou datas de vencimento diferentes.
CCVM (Comissão de Valores Mobiliários):Autarquia federal que regula, disciplina e fiscaliza as bolsas de valores e as companhias abertas, os fundos de ações e os mercados derivativos que tenham por referência valores mobiliários submetidos à sua competência.
CCNBV (Comissão Nacional de Bolsas de Valores):Associação civil sem fins lucrativos, que tem a função de representar os interesses das bolsas de valores do País perante as autoridades monetárias e reguladoras do mercado.
CComitente:Pessoa que encarrega uma outra de comprar, vender ou praticar qualquer ato, sob suas ordens e por sua conta , mediante certa remuneração a que se dá o nome de comissão.
CCommercial Paper:Títulos de crédito emitidos por uma empresa, representativos de sua dívida perante o credor, utilizados para a captação de recursos à curto prazo.
CCommodity:Palavra inglesa que significa mercadoria. No mercado financeiro indica um tipo de produto, geralmente agrícola ou mineral, de extrema importância econômica internacional, uma vez que é negociado entre importadores e exportadores. Ex.: café, milho, soja, c
CCommon Share:Ação ordinária.
CCompanhia Aberta:Empresa cujos valores mobiliários de sua emissão estejam registrados na CVM, para negociação em Bolsa de Valores ou no mercado de Balcão.
CCompra em margem:Compra de ações à vista, com recursos obtidos pelo investidor por meio de um financiamento de uma corretora que opere em Bolsa.
CCompulsório:Parcela de recursos aplicados em depósitos à vista e a prazo nas instituições financeiras que ficam retidos no Banco Central, por determinação do mesmo.
CConcordata:Benefício concedido por lei à empresa que não possui condições de saldar seus compromissos no momento. Assim, para evitar a declaração de sua falência, ela fica obrigada a liquidar suas dívidas dentro de um prazo estabelecido judicialmente.
CConfirmação:Aviso que o corretor dá ao cliente da efetivação de uma negociação com ações.
CConselho Monetário Nacional:Órgão federal responsável pela fixação da política da moeda, do crédito, e da regulamentação e controle das atividades financeiras desenvolvidas no País.
CConservador:Investidor ou fundo de investimento que faz aplicações com menor risco, com intuito de obter retornos mais estáveis ao longo do tempo.
CConsignação:Contrato pelo qual o proprietário de mercadorias as entrega a um comerciante, ficando este obrigado a prestar contas apensar da parte que efetivamente vender no prazo combinado previamente.
CConta margem:Tipo de negociação do mercado acionário que possibilita ao investidor obter financiamento para compra dos títulos e/ou empréstimo dos papéis para venda , em uma sociedade corretora. São feitas no mercado à vista de bolsa.
CContrato de Câmbio:Contrato estabelecido para troca de moedas. Empresas exportadoras e importadoras utilizam freqüentemente contratos de câmbio, que tem regras estabelecidas pelo Banco Central.
CContrato de Opção:Contrato pelo qual se estabelece o direito de uma parte comprar ou vender a outra parte, até(ou em) determinada data, uma quantidade de um ativo-objeto a um preço preestabelecido.
CContrato Futuro:Contratos padronizados pela BM&F, que constituem compromissos de receber (pelo comprador e de entregar (pelo vendedor) o objeto de contrato, a uma data futura estabelecida.
CContribuição:Valor de aporte efetuado ao plano de previdência.
CControle Acionário:Poder de decisão sobre a empresa, proporcionado pela posse da maior quantidade de ações com direito a voto.
CConversão:Mudança das características de um título. No caso de ações, por exemplo, pode ser sua transformação de ordinárias em preferenciais ou vice-versa.
CCopom:Comitê de Política Monetária é órgão governamental responsável pela formulação da política monetária do País.
CCorreção Monetária:Atualização do poder aquisitivo da moeda frente à inflação.
CCorreção Cambial:Atualização das taxas cambiais, segundo a política econômica governamental e a situação interna do país.
CCorretagem:Taxa de remuneração de um intermediário financeiro na compra ou venda de títulos.
CCorretor:Intermediário na compra e venda de títulos.
CCorretora:Instituição que intermedia a compra e venda de títulos.
CCota:Fração de um fundo/clube. Multiplicando a quantidade de cotas pelo valor atualizado da cota, o investidor obtém o valor atualizado do seu investimento inicial.
CCotação:Preço registrado em bolsa de qualquer ativo negociado no mercado.
CCotação de abertura:Cotação de um título na primeira operação realizada num dia de negociação.
CCotação de fechamento:Última cotação de um título num dia de negociação.
CCotação máxima:Maior cotação atingida por um título no desenrolar de um dia de negociação.
CCotação média:Cotação média de um título, constatada no decorrer de um dia de negociação.
CCotação mínima:Menor cotação atingida por um título durante um dia de negociação.
CCountry Risk:Risco que os devedores de um determinado país, tanto públicos como privados, representam para os bancos de outros países que concedem créditos ao primeiro.
CCoupom Rate:Taxa de juros anuais que o tomador de recursos promete pagar ao portador do título.
CCPMF:Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira é cobrada sobre todo dinheiro que sai de uma conta corrente, não importando o motivo da retirada, seja para pagar uma conta, seja para aplicar em um fundo de investimento. Tem o valor de 0,38% de uma m
CCrack:Declínio veloz das ações para níveis extremamente baixos.
CCrash:Forte queda nas bolsas de valores.
CCritério de Competência:Critério contábil que diz que todos os valores são lançados no DRE, sejam eles recebidos efetivamente ou não. As receitas ou despesas devem ser reconhecidas no momento em que acontecem, independente de gerarem caixa.
CCupom:Parte destacável de uma cautela válida para recebimento de dividendo ou bonificação, ou para exercício do direito de subscrição.
CCupom Cambial:Diferença entre a taxa de juros interna e a desvalorização da taxa de câmbio do país.
CCustódia de títulos:Serviço prestado aos investidores para a guarda de títulos e de exercício de direitos.
CCustódia fungível:Serviço de custódia no qual valores mobiliários poderão ser substituídos, quando retirados, por outros iguais (mesma espécie, qualidade e quantidade).
CCustódia infungível:Serviço de custódia no qual os valores mobiliários depositados são mantidos discriminadamente por depositante.
CCusto dos produtos vendidos:Parcela dos estoques que foi vendida no período, incorporando o custo envolvido na produção (matérias-primas, mão-de-obra, energia, depreciação, etc). CPV = Estoque inicial + Custo de produção no período – Estoque final.
CCyclical Stocks:Ações que acompanham os ciclos da economia.
DD+:Jargão utilizado no mercado financeiro que mostra o dia da operação e o dia da sua liquidação. Ex.: D+0= hoje; D+1= amanhã; D+2= depois de amanhã; e assim por diante.
DData de exercício da opção:Data de registro em pregão da operação de compra ou de venda a vista das ações-objeto da opção.
DData de vencimento da opção:Dia que se extingue o direito de uma opção.
DData ex-direito:Data em que uma ação começará a ser negociada ex-direito (dividendo, bonificação, subscrição), na bolsa de valores, sendo o preço de sua ação cotação ajustada.
DDay-trade:Operações de compra e de venda realizadas em um mesmo dia, dos mesmos títulos, para um mesmo comitente, por uma mesma sociedade corretora.
DDead Market:“Mercado morto”. Mercado com baixo volume de negócios e poucas oscilações significativas de preço.
DDealer:Instituições credenciadas pelo Banco Central a participar dos leilões informais, como um instrumento de regulação de liquidez. Os dealers são escolhidos dentre os bancos mais ativos no mercado. Eles têm a responsabilidade de informar os demais bancos sobr
DDebênture:Título representativo de um empréstimo contraído por uma sociedade anônima, mediante lançamento público ou particular garantido pelo ativo da sociedade. Os investidores que compram as debêntures, recebem em troca uma taxa de juros fixa ou variável sobre o
DDebêntures conversíveis em ações:Como o próprio nome diz, são aqueles Aquelas que, por opção de seu portador, podem ser convertidas em ações, em épocas e condições pré- determinadas.
DDébito:Quantia devida por alguém.
DDeduções estatutárias:Parte dos lucros de uma empresa que não são distribuídos aos acionistas, conforme determinação de estatutos.
DDefaulted Bonds:Títulos não pagos no vencimento.
DDéficit Comercial:Ocorre quando o montante importado pelo país é maior que o valor de suas exportações.
DDéficit Primário:Valor gasto pelo Governo e que excede o valor de sua arrecadação, sem levar em consideração a despesa realizada com o pagamento dos juros da dívida pública.
DDéficit Público:Valor que o Governo gasta acima do que arrecada, durante um período de tempo, considerando-se os valores nominais, ou seja, somando a inflação e a correção monetária do período.
DDeflação:Ao contrário da inflação, é a queda do nível geral de preços.
DDemanda:Quantidade de um bem ou serviço que um consumidor deseja e está disposto a adquirir por determinado preço e em determinado momento.
DDemocratização do capital:Processo pelo qual a propriedade de uma empresa fechada se transfere, total ou parcialmente, para um grande número de pessoas que desejam dela participar e que não mantém, necessariamente, relações entre si, com o grupo controlador ou com a própria compan
DDemonstrações Financeiras:Demonstração das principais contas da empresa. Ex.: balanço patrimonial, demonstração de resultado, demonstração das origens e aplicações de recursos, alterações do patrimônio líquido e notas explicativas.
DDemonstração dos Resultados do Exercício (DRE):Demonstração que verifica a performance da empresa num certo período de tempo, mostrando se houve lucro ou prejuízo.
DDepreciação:Perda de valor de algum ativo em decorrência do uso, da ação do tempo, da obsolescência tecnológica ou redução no preço de mercado.
DDerivativos:Operações financeiras cujo valor de negociação deriva de outro ativos, denominados ativos-objeto, com intuito de assumir, limitar ou transferir riscos. Ex.: Opções de Telemar
DDeságio:Diferença para menos entre o valor nominal e o preço de aquisição de um título ou bem.
DDesdobramento:Ato pelo qual uma empresa com ações negociadas em bolsa desdobra cada uma das ações em duas, três, ou mais ações com o valor nominal igual ao da ação desdobrada.
DDeseconomias de Escala:É a elevação unitária de custos decorrentes de um aumento de volume (escala) de produção, seja de uma empresa, setor, região, ou país.
DDespesas administrativas:Conta do DRE que inclui os gastos do pessoal da área administrativa, honorários da diretoria, etc.
DDespesa com vendas:Conta do DRE que representa os gastos de promoção e distribuição dos produtos de uma empresa, como por exemplo, salário do pessoal de vendas, propaganda, comissões de vendedores, etc.
DDespesas Financeiras:Montante dos encargos financeiros acumulados dos empréstimos e financiamentos, tais como juros, mora, multas contratuais, etc.
DDesvalorização Cambial:Perda de valor da taxa de câmbio. Ex.: Se o real apresentou desvalorização frente ao Dólar, significa que necessitamos de mais reais para cada dólar comprado.
DDI:Também conhecidos como o CDI de um dia, os DI – Depósitos Interfinanceiros – mostram custo do dinheiro de um dia negociado no mercado interbancário. São usados como padrão de taxa média diária relativa a troca de reservas interbancárias.
DDIEESE:Departamento Intersindical de Estatística e estudos Sócio-Econômicos é um instituto de pesquisas criado em 1955 para assessorar os sindicatos de trabalhadores
DDiferencial:Combinação de possíveis compras e vendas de opções sobre a mesma ação-objeto, porém de séries diferentes.
DDireito de retirada:Direito de um acionista de se retirar de uma empresa, através do reembolso do valor de suas ações, quando for dissidente de deliberação de assembléia que aprovar determinadas matérias definidas na legislação pertinente.
DDireito de subscrição:Direito de preferência de um acionista de subscrever novas ações de uma sociedade anônima quando ocorre aumento de seu capital.
DDireitos:Benefícios.
DDisclosure:Divulgação de informação por parte de uma empresa. Devem ser informadas a situação econômico-financeira da empresa.
DDisponibilidade:Somatório do dinheiro em caixa, em contas correntes bancárias e em aplicações de liquidez imediata.
DDistribuidora:Sociedade Distribuidora.
DDiversificação da Carteira:Compra de uma variedade de papéis e títulos, como forma de diminuir que o risco associado a cada um desses componentes individuais da carteira.
DDívida de Curto Prazo:Do ponto de vista contábil, são obrigações a serem pagas em um prazo menor do que um ano.
DDívida de Longo Prazo:Do ponto de vista contábil, são dívidas que devem ser pagas em um prazo superior a um ano.
DDívida Externa Privada:Dívida das empresas sediadas no Brasil com credores estrangeiros, sejam governos, empresas ou pessoas fora do país.
DDívida Externa Pública:Dívida do governo brasileiro com credores estrangeiros, sejam outros governos, empresas ou pessoas fora do país.
DDívida Interna Privada:Dívida das empresas com governos, empresas e pessoas dentro do país.
DDívida Interna Pública:Dívida do governo com empresas, bancos e pessoas dentro do país.
DDívida Mobiliária Federal:Dívida do governo federal com empresas, bancos e pessoas dentro do país. Dividendo: É a parcela do lucro da empresa que é distribuída aos acionistas , proporcionalmente à quantidade de ações possuídas por cada um. Pela lei da S.A devem ser distribuídas no
DDividendo cumulativo:Dividendo que, caso não seja pago em um exercício, se transfere para outro.
DDividendo pró rata:Dividendo distribuído às ações emitidas dentro do exercício social proporcionalmente ao tempo transcorrido até o seu encerramento.
DDOC:Documento de Ordem de Crédito é a ordem de depósito de dinheiro entre contas bancárias.
DDólar Comercial:Taxa de câmbio usada nas operações comerciais do país, no pagamento do serviço da dívida externa e nas remessas de dividendos das empresas com sede no exterior.
DDólar Futuro:Cotação estimada pelo mercado financeiro do valor do dólar no futuro.
DDólar Paralelo:Valor de compra ou venda de dólar fora dos meios oficiais de conversão. É também conhecido como dólar black ou câmbio negro e as operações geralmente são realizadas através de doleiros.
DDow Jones:Índice usado para medir a performance do dos negócios da Bolsa de Valores de Nova Iorque - NYSE (New York Stock Exchange). É feito a partir de uma média das cotações das 30 empresas de maior importância na bolsa.
DDual Listing:Ação cotada em mais de uma bolsa de valores.
DDump:Ato de vender apressadamente ações, sem considerar o preço de mercado.
DDumping:Venda de produtos a preços mais baixos que os custos, com a finalidade de eliminar os concorrentes e conquistar fatias maiores de mercado.
EEBIT:Lucro antes dos juros e impostos. Cálculo: Lucro Bruto – despesas com vendas gerais/administrativas.
EEBITDA:Earnings Before Interests, Taxes, Depreciation and Amortization. É o lucro antes do pagamento de juros, impostos, depreciação e amortização do diferido. Também conhecido como LAJIDA, é calculado: Lucro Bruto – despesas com vendas e gerais/administrativas
EEconomês:Nome dado por não-economistas ao linguajar, geralmente de difícil entendimento, usado por economistas em suas analises sobre a conjuntura do país.
EEconomias de Escala:Redução de custo unitários decorrentes de um aumento no volume (escala) de produção, seja de uma empresa, setor, região ou país.
EEmissão:Colocação de títulos ou dinheiro em circulação.
EEmitente:Pessoa física ou jurídica responsável pela emissão de um título e por seu pagamento na data do vencimento.
EEmpresas Coligadas:Empresas juridicamente independentes, mas cuja a direção pertence aos mesmo sócios.
EEmpréstimo:Quantia de dinheiro obtida com o compromisso de devolução ao fim de um determinado período, juntamente com os juros.
EEndividamento:Valor de dívidas de uma empresa, governo ou pessoa física.
EEndividamento Geral:Indicador que mostra quanto a empresa tem captado junto a terceiros em relação ao seu próprio capital. (Passivo Circulante + Exigível a longo prazo / Patrimônio Líquido).
EEndividamento Oneroso:Indicador que mede a comprometimento do capital próprio da empresa em relação à sua dívida com bancos e outras operações que tem custo financeiro embutido, como por exemplo debêntures, desconto de duplicatas, etc. (Dívida Onerosa Total / Patrimônio Líquid
EEndividamento Onerosos Líquido:Indicador que mede o endividamento deduzido das disponibilidades sobre o patrimônio líquido. (Dívida Onerosa Total - Aplic. Financeiras / Patrimônio Líquido).
EEnterprise Value:É o valor do empreendimento, sendo obtido pelo valor presente dos fluxos de caixa operacionais projetados, deduzidos ainda dos investimentos em ativo imobilizado, isto é, .
EEquilíbrio do Mercado:Ocorre quando compradores e vendedores chegam a um consenso quanto aos preços usuais dos ativos transacionados. Assim , a oferta e a procura de um determinado ativo devem ser razoavelmente equivalentes, senão um dos lados ou quer comprar barato ou vender
EEquity:O mesmo que Patrimônio Líquido. Referem-se aos direitos residuais dos acionistas sobre os ativos da empresa. É calculado subtraindo-se o passivo total do ativo total.
EEquivalência Patrimonial:Contra do DRE que representa a parte proporcional que cabe à empresa sobre a variação do Patrimônio líquido de outras empresas nas quais tenha participação acionária.
EErratic market:Mercado irregular, sem tendência definida.
EEscola Fundamentalista:Corrente de pensamento que para analisar um investimento se baseia em dados econômico-financeiros da empresa, relacionando-os com a situação do setor e país.
EEscola Técnica:Corrente de pensamento que baseia-se no comportamento de uma ação no mercado para analisar um investimento. Os gráficos são seu principal ponto de apoio.
EEspeculação:Operação no mercado com o objetivo de ganho no curto prazo, aproveitando-se de algumas situações do mercado.
EEstabilização:Redução ou diminuição da variação das taxas de algum indicador econômico. Ex.: estabilizar a inflação é reduzir a taxa de inflação para níveis equivalentes à dos países desenvolvidos.
EEstagflação:Ocorre quando a economia de um país encontra-se simultaneamente em recessão com inflação.
EEstar Comprado:Possuir posições de compra de contratos futuros, na expectativa de uma subida nos preços.
EEstar Vendido:Possuir posições de venda de contratos futuros, na expectativa de uma queda nos preços
EEstoque:Quantidade armazenada de algum ativo para venda futura.
EEstrutura de capital:Composição de capital de uma empresa, dividida entre de capital de terceiros e capital próprio. É também chamada estrutura financeira.
EEURO:Moeda da União Européia, que entrou em vigor no dia 01/01/99.
EEurobond:Título emitido por uma empresa norte-americana ou não européias, geralmente com vencimento entre 10 e 15 anos.
EEV/EBITDA:Indicador que relaciona a capacidade de geração interna de caixa da empresa, a partir de suas atividades próprias, com o valor presente dos fluxos de caixa projetados para a empresa (representados pelo EV). Quanto menor, melhor.
EEx-direitos:Ação negociada após o exercício de seus direitos.
EExclusão do direito de preferência:O estatuto da empresa aberta que contiver autorização para aumento do capital pode prever a emissão, sem direito de preferência, para antigos possuidores de ações, de debêntures ou partes beneficiárias conversíveis em ações.
EExecução de ordem:Realização efetiva de uma ordem de compra ou venda de valores mobiliários.
EExercício de opções:Operação pela qual o titular de uma opção exerce seu direito de comprar ou de vender o lote de ações-objeto, ao preço de exercício.
EExigível a longo prazo:Parte do passivo, onde são registradas as dívidas e obrigações de prazo superior a 1 ano.
EExportação:Venda de produtos para o exterior, isto é, para fora do território do país.
FFAC:Fundo de Aplicação em Cotas. Ao contrário dos demais fundos de investimento, o FAC não negocia papéis e títulos no mercado, mas sim compra e vende cotas dos demais fundos de investimentos, isto é, corresponde ao fundo dos fundos.
FFace value:Valor nominal.
FFactoring:Instituição especializada na compra e administração de duplicatas de outras empresas ou outros títulos a receber, inclusive cheques pré-datados.
FFair Market value:Valor razoável de mercado.
FFalência:Situação em que, por força de decisão judicial, uma empresa é declarada insolvente, ou seja, incapaz de saldar seus débitos nos prazos contratuais estabelecidos. Pode ser voluntária ou involuntária.
FFapi:Fundo de Aposentadoria Programada Individual é um fundo de previdência que tem por objetivo complementar a aposentadoria da Previdência Social. Pode-se deduzir até o limite de 12% da renda bruta anual na declaração do imposto de renda.
FFator de Renda:Valor numérico, calculado mediante utilização de uma tábua biométrica e uma taxa de juros, usado para obter o valor do benefício do plano de previdência.
FFatura:Extrato com o valor a ser pago enviado para o cliente.
FFechamento Anterior:Última cotação do papel no Pregão Regular do dia anterior, não considerando o After Market.
FFechamento de posição:Operação através do qual o lançador de uma opção, pela compra em pregão de uma outra da mesma série, ou o titular, pela venda de opções adquiridas, encerram suas posições ou parte delas. A expressão também é utilizada quando da realização de operações inv
FFechamento em alta:Ocorre quando o índice de fechamento do pregão do dia for maior que ao índice de fechamento do pregão anterior.
FFechamento em baixa:Ocorre quando o índice de fechamento do dia for menor que o índice de fechamento do pregão anterior.
FFED:Federal Reserve Bank (Banco Central americano).
FFGV-100:Índice que mede o desempenho das 100 maiores empresas privadas brasileiras em bolsa. Criado pela Fundação Getúlio Vargas.
FFIEX:Fundo de Investimentos no Exterior. Consiste num fundo nacional, que aplica no mínimo 80% de seus recursos em títulos da dívida externa brasileira.
FFIF:Fundo de Investimento Financeiro. Englobam vários tipos de fundos de investimento, como por exemplo: Renda fixa, DI, etc. O dinheiro é aplicado de acordo com o regulamento do fundo e regras de enquadramento do Bacen.
FFIF de FAC:Fundo de Investimento Financeiro em Fundos de Aplicação de Cotas. Compra cotas de outros fundos existentes no mercado, sendo uma maneira de diversificar o risco, pois aplica em diversos fundos no mercado.
FFilhote:É a bonificação em ações, ou seja, ações distribuídas gratuitamente aos acionistas, em decorrência de aumento de capital realizado com a incorporação de reservas.
FFinanciador:Investidor que realiza uma compra de determinado título no mercado à vista, e posteriormente realiza sua venda num dos mercados a prazo, garantindo um retorno fixo na data de vencimento.
FFipe:Fundação Instituto de pesquisas Econômicas é uma entidade privada criada pela USP (Universidade de São Paulo) que pesquisa e divulga dados na área econômica.
FFisco:Órgãos públicos federais, estaduais ou municipais que cuidam da arrecadação e fiscalização de taxas, tributos e impostos.
FFITVM:Fundo de Investimento de Títulos e Valores Mobiliários é a categoria na qual estão classificados os fundos de renda variável.
FFloating Stock:Parte das ações de uma companhia aberta ao público.
FFixed Price:Preço mínimo fixado pelo “underwriter” para a venda de uma nova emissão.
FFluxo de Caixa:Fluxo de entradas e saídas de dinheiro do caixa de uma empresa. É utilizado para determinar o valor justo de uma companhia através do método do fluxo de caixa descontado. FMI: Fundo Monetário Internacional é uma instituição que tem como função básica empr
FFOB:Free on board (posto a bordo) é uma modalidade do comércio internacional em que o exportador (vendedor) é obrigado a colocar a mercadoria a bordo do navio, cessando sua responsabilidade sobre a mesma no momento em que entra no navio.
FFora de balanço:Expressão que significa operações financeiras não registradas nas contas patrimoniais no balanço de uma empresa
FForeign Bonds:Títulos emitidos por devedores estrangeiros no mercado de interno de um determinado país.
FForward bear:Má expectativa, pessimista.
FForward bull:Boa expectativa, otimista.
FFunding:Termo que significa a substituição de uma dívida de curto prazo por uma de longo prazo.
FFundo de Pensão:Montante de recursos, provenientes de contribuições de empregados e da própria empresa, administrados por uma entidade a ela vinculada, que serve para cobrir o pagamento de aposentadorias dos funcionários.
FFundo Garantidor de Créditos:Criado e administrado pelo Governo, tem por objetivo garantir ao investidor o pagamento de uma parcela da quantia investida, em caso de insolvência. Somente as instituições financeiras relacionam-se com esse fundo.
FFundo imobiliário:Fundo cujo patrimônio é destinado a aplicações em empreendimentos mobiliários.
FFundo referenciado em DI:Fundo que possui pelo menos 95% dos recursos aplicados em títulos públicos federais ou em títulos de renda fixa de emissores com baixo risco de crédito. Isso significa, que 95% da carteira acompanha a variação dos Certificados de Depósito Interbancário (C
FFundo referenciado em Câmbio:Tem por objetivo acompanhar a variação das taxas oficiais de câmbio entre o Real e o dólar norte-americano. Também está sujeito às oscilações das taxas de juros domésticas (Brasil) sobre o dólar.
FFundo Renda Fixa Alavancados:Investe em ativos de renda fixa de qualquer espectro de risco de crédito, na qual incluem-se estratégias que impliquem em risco de índices de preço. São proibidos de investir em risco de oscilações de moeda estrangeira e de renda variável (ações etc). A p
FFundo Renda Fixa Crédito:Investe em títulos de renda fixa de qualquer espectro de risco de crédito, excluindo-se estratégias que impliquem em risco de índices de preço, de moeda estrangeira ou de renda variável (ações, opções etc), não sendo admitida alavancagem da carteira. Dife
FFundo Renda Fixa Multi-índices:Investe em ativos de renda fixa de qualquer espectro de risco de crédito, incluindo-se estratégias que impliquem em risco de índices de preço. Nesta modalidade estão os fundos de renda fixa com risco de indexadores (fundos IGPM, etc) sem alavancagem, entr
FFundos Agressivo:Operam com derivativos e geralmente apresentam expressivas variações das cotas, sendo de grande risco.
FFundos de Ações:Também chamados de FITVM ou Fundo de Renda Variável, aplicam basicamente em ações.
FFundos de Ações Ativos:Tem por objetivo conquistar retornos superiores ao benchmark (Ibovespa, IBX, etc) Fundos de Ações Fechados: Investem em renda variável e ocorrem quando um grupo de investidores firma compromisso de permanecer no fundo por período de tempo previamente esta
FFundos de Ações Indexados:Também conhecidos como passivos, têm suas carteiras atreladas a um benchmark, com o intuito de acompanhar o comportamento deste índice. A carteira de um fundo indexado ao Ibovespa, é bem parecida com a composição do índice.
FFundos de Ações Setoriais:Investem em ações de determinado setor, como por exemplo telecomunicações.
FFundos de Capital Garantido:Fundos que acompanham o mercado acionário, e em caso de queda na Bolsa garantem no mínimo o retorno do capital aplicado.
FFundos de Previdência:Nesta categoria incluem-se os FAPIs e PGBLs.
FFundos de Renda Fixa:Podem ter até 49% de sua carteira composta por ações, mas na maioria das vezes, aplicam em títulos públicos federais, títulos privados (debêntures) e CDBs. Dependendo do enquadramento do fundo, podem usar derivativos para proteção ou para alavancar rentab
FFundos Multimercados:Investem em diversas classes de ativos, podendo ou não adotar estratégias de alavancagem e investir em Renda Variável.
FFundos Mútuos de Privatização:Fundos com recursos providos das contas de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
FFundos não referenciados:São fundos como os de renda fixa, em que até 80% da carteira pode ser aplicado em títulos do Tesouro Nacional e Banco Central ou papéis privados classificados como de baixo risco por agências de Rating. Os 20% restantes poderão ser livremente aplicados, m
FFundos Off Shore:Fundos criados em outros países, seguindo a legislação local, embora possam receber investimentos de brasileiros. A Anbid mantém para estes fundos a antiga classificação: renda fixa, renda variável e misto.
FFundos referenciados:Fundos que acompanham a variação de um determinado benchmark. A lei estipula que pelo menos 95% de sua carteira seja composta por ativos que acompanham o indicador de referência.
FFungibilidade:Instrumento financeiro de valor equivalente a outro e facilmente trocável ou substituível.
FFusão:União de duas ou mais companhias, gerando uma única empresa.
GGap:Hiato, lacuna ou diferencial na cotação das ações. Ex.: Em caso de alta, a mínima de um dia é maior que da máxima do dia anterior.
GGoodwill:No meio empresarial significa a reputação que uma empresa goza junto aos consumidores. É considerado um ativo da empresa.
GGráfico de Barras:Gráfico utilizado para análise de projeção de preços das ações. É elaborado a partir das séries de valores das variações preço versus a quantidade negociada. No gráfico, cada unidade de período (dia, semana, mês e ano) é representado por uma linha vertica
GGrafista:Analista do mercado d ações que baseia suas projeções no comportamento gráfico das bolsas.
GGrau de imobilização:Indicador que mostra o grau de ativos não correntes em relação ao recursos próprios. Quanto menor, melhor. (Ativo Permanente / patrimônio Líquido).
GGrowht Stocks:Ações com possibilidades mais rápidas de valorização que a média.
GGrupo dos 7:Grupo internacional formado pelos dirigentes das sete mais importantes potências econômicas do mundo. Compreende Alemanha, Japão, Itália, França, Grã-Bretanha, Canadá e Estados unidos.
GGuaranted Bond:Título garantido por terceiros.
HHard Money:“Moeda dura”, ou seja, moeda forte, na qual todos confiam não apenas nacional como internacionalmente. Ex.: Dólar.
HHeavy Market:Mercado pesado, com grande oferta, acompanhada de queda nos preços.
HHedge:Mecanismo de proteção utilizado para diminuir o nível de risco de uma determinada posição. É considerado “hedge” a tomada de uma posição no mercado futuro aproximadamente igual, mas em sentido contrário, àquela que se detém ou que se pretende vir a tomar
HHedge Fund:Fundo que não se limita a investir em ações, debêntures e títulos do governo. Faz operações para se proteger contra possíveis quedas dos ativos nos quais o fundo investiu.
HHigh Grade Bond/Stock:Título/ação de grande segurança.
HHigh Market:Mercado em alta.
HHigh Yield:Alta taxa de retorno. Os empréstimos em que as empresas pagam juros sensivelmente altos e que usualmente são feitos no mercado europeu, são classificados como de High Yield.
HHiperinflação:Caso particular de inflação, em que os preços sobem a as pessoas não procuram reter o dinheiro em função da rapidez da diminuição de seu poder de compra. Cai a confiança dos agentes econômicos na estabilidade da moeda, gastando mais rapidamente possível.
HHipoteca:Garantia de uma dívida representada por um bem imóvel que não sai da posse do devedor.
HHolding:Empresa que possui como atividade principal a participação acionária em uma ou mais empresas.
IIBA:Índice Brasileiro de Ações é um índice que mede o comportamento das bolsas de valores, sendo composto por ações das empresas que estiverem presentes em, no mínimo, 80% dos pregões nos últimos seis meses, com, no mínimo, dez operações em cada pregão.
IIBGE:Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística é um órgão vinculado à secretária de planejamento da Presidência da República, que fornece estudos sobre estatística, geografia, cartografia, recursos naturais, meio-ambiente e poluição do país para uso no p
IIBOVESPA:Índice da Bolsa de Valores de São Paulo. Exprime a variação média de uma carteira selecionada de cerca de 50 empresas ponderadas pelo volume de negócios e presença em pregões. É medido em pontos.
IIBMEC:Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais é uma instituição que desenvolve cursos e pesquisas na área do mercado de capitais.
IIBX:Índice que mede o retorno de uma carteira hipotética composta por 100 ações selecionadas entre as mais negociadas na BOVESPA, em termos de número de negócios e volume financeiro, ponderadas no índice pelo seu respectivo valor de mercado.
IIGPDI:Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna mede a variação de preços no mercado de atacado, de consumo e construção civil. É formado pela soma ponderada de outros 3 índices : IPA - Índice de Preços ao Atacado, com um peso de 60%; IPC - Índice de Pr
IIGPM:Índice Geral de Preços do Mercado mede a variação de preços no mercado de atacado, de consumo e construção civil. Assim como o IGP-DI, é formado pela soma ponderada de outros 3 índices : IPA - Índice de Preços ao Atacado, com um peso de 60%; IPC - Índice
IIliquidez:falta de liquidez, no sentido de falta de recursos para realizar pagamentos.
IIlusão Monetária:Consiste em confundir a correção monetária de aplicações financeiras com ganhos reais, ou com juros reais incidentes sobre as mesmas.
IImposto de renda:Tributo cobrado de pessoas físicas e jurídicas, sobre os rendimentos auferidos no exercícios de suas atividades profissionais ou comerciais, ou ainda sobre os ganhos resultantes da aplicação de seus capitais.
IInadimplente:Indivíduo que não cumpre os termos de um contrato.
IIncorporação:Aquisição de uma empresa por outra.
IIndexador:Índice utilizado para atualização monetária dos valores.
IÍndice de Lucratividade:Relação entre o capital atual e o capital inicial.
IÍndice de Sharpe:Índice que relaciona o risco e o retorno envolvidos em determinado. Quanto maior o retorno e menor o risco, maior será o Índice de Sharpe.
IÍndice Nikkei:Constituído pelos preços médios (não ponderados) de 225 ações relacionadas na primeira secção da Bolsa de Valores de Tokyo.
IÍndice Preço/Lucro:Também conhecido como P/L, é um valor originado da divisão do preço de uma ação no mercado pelo lucro líquido anual da mesma. Significa o número de anos que se levaria para obter de volta o capital aplicado na compra de uma ação, através do recebimento de
IInflação:Aumento geral e desordenado do nível de preços de uma economia, gerando perda no poder aquisitivo.
IInplit:Agrupamento de ações, sem alterar a participação societária na empresa.
IInsider:Investidor com acesso privilegiado a certas informações, antes que estas se tornem conhecidas no mercado.
IInsolvência:Situação em que se encontra a empresa que não consegue mais pagar suas dívidas.
IInstitucional (investidor):Instituição que dispõe de vultosos recursos mantidos em certa estabilidade e destinados à reserva de risco ou à renda patrimonial e que investe parte dos mesmos no mercado financeiro.
IInstituições Financeiras:Conjunto de organizações que compõem o Mercado Financeiro. Ex.: Bancos Comerciais, Bancos de Investimento, Caixa Econômica, Cooperativas de Crédito, Sociedades Corretoras e Distribuidoras. As normas operacionais são estabelecidas pelo Banco Central.
IInvestidor:Pessoa ou instituição que aplica suas economias com intuito de obter rendimento no médio e longo prazo.
IIntraday high and low:Cotação máxima e mínima num determinado dia.
IInventário:Relação dos bens e valores de uma pessoa ou firma.
IInvestment Advisers:Consultores de investimentos.
IInvestment Portfolio:Carteira de títulos possuídas pelo investidor.
IIsonomia:Princípio que diz que todos indivíduos de uma comunidade devem receber tratamento igual por parte das autoridades tributárias.
IIssue Price:Preço de emissão.
IIOF:Imposto sobre Operações Financeiras incide sobre o ganho da aplicação de fundos de renda fixa com liquidez diária. É calculado de acordo com uma tabela regressiva até o 29º dia da aplicação, estando isentos a partir do 30º dia.
IIPC:Índice de preço ao consumidor calcula a variação dos preços de uma 'cesta de consumo' média de uma determinada população.
IIsenção Fiscal:Dispensa legal do pagamento de um tributo devido.
JJoint-venture:Processo pelo qual empresas se associam para o desenvolvimento e execução de um projeto específico no âmbito econômico.
JJunk Bond:Títulos emitidos por empresas de baixa credibilidade no mercado, por estarem em dificuldades financeiras ou prestes a falir. Oferecem rendimentos elevados, mas por outro lado um risco muito grande.
JJuros:Remuneração que o tomador de um empréstimo deve pagar ao proprietário do recurso emprestado. O valor do juro é considerado como o custo ou preço do dinheiro.
JJuros de mora:Juros decorrentes do atraso do pagamento de algo.
KKeynes:John Maynard Keynes (1883-1946) é o mais célebre economista da primeira metade do século XX, pioneiro no estudo da macroeconomia. Entre seus estudos incluíam-se a intervenção do estado na economia e o conjunto de atividades econômicas de um país.
LLamb:Operador inexperiente que aplica seu dinheiro na bolsa cegamente, seguindo as tendências de mercado.
LLançador:Aquele que vende uma opção no mercado de opções assumindo a obrigação de, se o titular exercer, vender ou comprar o lote de ações - objeto a que se refere.
LLançamento de opções:Operação que dá origem às opções de compra ou de venda.
LLance:Preço oferecido em pregão para a compra ou venda de um lote de títulos.
LLastro:Garantia implícita que um ativo possui.
LLavagem de Dinheiro:Ação de legalizar dinheiro proveniente de atividades ilegais (como o tráfico de drogas e corrupção) no mercado financeiro, pela aquisição de imóveis, compra de bilhetes premiados de loterias ou abertura de contas-fantasma nas instituições financeiras.
LLeasing:Também conhecido como arrendamento mercantil, é uma operação financeira entre uma empresa proprietária de bens e uma pessoa jurídica, que usufrui desses bens contra o pagamento de prestações.
LLeilão especial:Leilão em dia e hora determinados pela bolsa de valores em que se realizará a operação.
LLetra de câmbio:Título de crédito correspondente a uma ordem de pagamento à vista ou a prazo. É utilizado para o financiamento de crédito direto ao consumidor.
LLetra imobiliária:Título emitido por sociedades de crédito imobiliário com objetivo de captar de recursos para o financiamento de construtores e adquirentes de imóveis.
LLFT:Letra Financeira do Tesouro é um título da dívida pública nacional, emitido pelo Banco Central que tem o objetivo de regular a liquidez de curto prazo da economia. Estes papéis são pós-fixados, rendendo a taxa SELIC.
LLFTE:Letras Financeiras do Tesouro Estadual são idênticos às LFTs, mas emitidos por governos estaduais.
LLIBOR:London Interbank Offer Rate é a taxa de juros cobrada pelos bancos londrinos e, juntamente da prime rate americana, serve de base para a maioria dos empréstimos internacionais.
LLimit Order:Ordem de compra ou venda com preço limitado.
LLinha de Retorno:Corresponde à reta paralela à linha de tendência, que dá origem ao canal de tendência num gráfico de barras. Num movimento de alta, é a linha que une as duas menores cotações mínimas, enquanto que num movimento de baixa, a linha de tendência é aquela que
LLiquidação:Termo que designa o processo final de uma operação de venda ou compra realizada nas bolsas de valores. É o momento que ocorre a liquidação financeira e física das ações.
LLiquidez:Maior ou menor facilidade de se negociar um título ou um ativo e convertê-lo em dinheiro.
LLiquidez Corrente:Indicador que mostra quanto a empresa tem a receber no curto prazo em relação a cada unidade que deve pagar no mesmo período. É calculado dividindo o Ativo Circulante pelo Passivo Circulante. Quanto maior, melhor. (Ativo Circulante – Estoques)/Passivo Cir
LLiquidez Geral:Indicador que mostra o mesmo que a liquidez corrente, mas englobando também os ativos e passivos de longo prazo. Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo/ Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo. Quanto maior, melhor.
LLiquidez Seca:Tem o mesmo significado que a liquidez corrente, exceto pelo fato que os estoques não são considerados.
LLobby:Pessoa ou grupo que tenta influenciar procedimentos e atos dos poderes públicos (Executivo, Legislativo e o judiciário).
LLong:Posição de investidor que compra ações na expectativa de uma alta.
LLote:Quantidade de títulos de característica idênticas.
LLote fracionário:Quantidade de ações inferior ao lote-padrão.
LLote-padrão:Lote constituído de unidades predeterminadas pelas bolsas de valores.
LLote-redondo:Lote totalizando um número inteiro de lotes-padrões.
LLow grade:Termo que designa ações, títulos e mercadorias de qualidade inferior.
LLTN:Letra do Tesouro Nacional é um título pré-fixado usado pelo Tesouro para a captação de recursos.
LLucratividade:Ganho líquido total propiciado por um título em relação ao capital gasto na aquisição.
LLucro:Remuneração de uma operação. No segmento empresarial, designa o resultado da receita menos a despesa.
LLucro Bruto:Diferença entre a receita líquida e o custo dos produtos vendidos.
LLucro Líquido:Saldo que resta após a dedução de imposto de renda e diversas participações sobre o Lucro Bruto.
LLucro líquido por ação:Divisão do lucro líquido de uma empresa pelo número existente de ações.
LLucro Operacional:Diferença entre o lucro bruto de uma empresa a suas despesas operacionais.
MMacroeconomia:Segmento da economia que estuda o comportamento da economia como um todo, verificando as relações entre os grandes agregados estatísticos: renda nacional, nível de emprego e preços, consumo, poupança e investimento totais.
MMargem:Montante fixado pelas Bolsas de Valores e de futuro que um cliente precisa depositar como garantia em dinheiro, títulos ou valores mobiliários, para atuar nos mercados futuro, a termo ou de opções.
MMargem Bruta:Diferença existente entre o preço de venda e os custos envolvidos na fabricação de um produto., visando medir a eficiência na produção. Também é indicado pela relação percentual do Lucro bruto/Receita líquida.
MMargem de Contribuição:Diferença entre o preço de venda de um produto e seu custo variável
MMargem Líquida:Diferença existente entre o preço do produto e todos os custos e despesas envolvidos na fabricação. Também é indicado pela relação percentual do Lucro líquido/Receita líquida.
MMark-down:Consiste na reavaliação do valor de títulos oferecidos como colaterais de empréstimos para a troca de ações, sempre que ocorre um declínio forte de suas cotações no mercado de títulos.
MMarket Report:Relatório emitido pelo operador da bolsa informando a execução de uma ordem.
MMarket value:Valor de Mercado.
MMaturity date:Data de vencimento.
MMaxidesvalorização:Consiste na desvalorização forte de uma moeda.
MMáxima:Cotação mais alta alcançada pelo papel ao longo do dia.
MMédia:Cotação média do papel ao longo dia, ponderada pelo volume negociado.
MMeeting of Stockholders:Assembléia dos acionistas.
MMega Bolsa:Sistema de negociação da BOVESPA. É formado pelo pregão viva voz e os terminais remotos e tem por objetivo aumentar a capacidade de registro de ofertas e realização de negócios em um ambiente de tecnologia avançada.
MMelon:Termo em inglês que significa um grande dividendo extraordinário pago em dinheiro
MMercado a Termo:Mercado onde as liquidações com ações se processam em prazo determinados, conforme o termo do contrato. Ex.: 90, 120 dias de prazo.
MMercado à vista:Mercado onde as liquidações se processam até cinco dias úteis após a data de realização de uma operação com ações.
MMercado Aberto:Também chamado de mercado secundário, é onde são negociados títulos públicos já emitidos.
MMercado Acionário:É um subsistema do mercado de capitais no qual se realizam operações com ações.
MMercado de balcão:Mercado sem lugar fixo para a realização de operações no qual operações não são registradas em Bolsas. Ex.: SOMA (Sociedade Operadora de Mercado Aberto), que funciona como um passo intermediário para empresas que pretendem mais tarde ter suas ações negoc
MMercado de balcão organizado:Sistema organizado de negociação de títulos e valores mobiliários de renda variável pela Comissão de Valores Mobiliários - CVM.
MMercado de Câmbio:Mercado que realiza operações de conversão de moedas estrangeiras em moeda nacional e vice-versa.
MMercado de Capitais:Conjunto de operações de transferência de recursos financeiros de prazo médio, longo ou indefinido, realizadas entre poupadores e investidores, através de intermediários financeiros.
MMercado de Commodities:Mercado no qual se negociam produtos primários de grande importância econômica, como por exemplo soja, minério de ferro, etc.
MMercado de Opções:Mercado que negocia direitos de compra ou venda de um lote ações, com preços e prazos de exercícios preestabelecidos. Quem compra uma opção de compra, paga um prêmio e adquire o direito de comprar o ativo a um determinado preço, até a data de vencimento d
MMercado Financeiro:Mercado direcionado para a transferência de recursos entre agentes econômicos, efetuado com títulos de prazos médios, longos e indeterminado, geralmente dirigidas ao financiamento dos capitais de giro e fixo.
MMercado Fracionário:Mercado onde são negociadas ações que não chegam a completar um lote padrão do papel.
MMercado futuro:Mercado onde são realizadas operações que envolvem lotes de commodities ou ativos financeiros. A característica desse mercado é a de que são feitas apostas em cotações futuras destes ativos para se proteger ou simplesmente especular.
MMercado primário:Mercado onde são colocados ações ou outros títulos provenientes de novas emissões. É o lugar que as empresas recorrem para conseguir os recursos de que necessitam.
MMercado Principal:Mercado no qual são negociados ações com múltiplos inteiros de seus lotes-padrão.
MMercado secundário:Mercado no qual ocorre a negociação dos títulos adquiridos no mercado primário, gerando maior liquidez.
MMERCOSUL:Mercado Comum Sul Americano é uma associação entre Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai que tem por interesse criar uma comunidade econômica entre os 4 países para facilitar o comércio entre eles.
MMerger:Incorporação de uma empresa por outra, perdendo uma delas sua razão social original.
MMerval:Índice da Bolsa de Valores Argentina, que engloba as ações mais negociadas do mercado do país.
MMicar:Ficar com um título sem valor ou de difícil aceitação
MMico:Ação que perdeu seu valor ou que não possui liquidez.
MMicroeconomia:Ramo da ciência econômica que estuda o comportamento das unidades individuais que compõem a economia (consumidores, empresas, trabalhadores, etc).
MMínimo:Cotação mais baixa de papel ao longo do dia.
MMinority Stockholders:Acionistas minoritários.
MMiss the market:Deixar de aproveitar uma boa oportunidade.
MModelo de Precificação de Ativos financeiros:Capital Asset Pricing Model (CAPM) é um modelo cujo objetivo é dar forma específica à existência de um trade-off (troca conflituosa), entre ganhos e riscos. O modelo reflete uma relação linear positiva entre o ganho esperado de um portfolio diversificado
MModerado:Nome dado aos fundos de investimento que procuram uma rentabilidade média no mercado, investindo em ativos de médio risco. É intermediário entre o conservador e o agressivo.
MMoeda fiduciária:Papel-moeda parcialmente lastreada por ouro.
MMoeda de Privatização:Título usualmente negociado com deságio, que é aceito pelo governo brasileiro nas privatizações.
MMoeda Forte:Moeda que apresenta facilidade de circulação e conversibilidade nas transações internacionais, uma vez que oferece garantia como meio de pagamento e reserva de valor.
MMoeda Podre:Título de dívida que é negociado no mercado com deságio devido à dúvida sobre a capacidade do de pagamento do emissor no vencimento.
MMoney Market:Mercados financeiros no qual os recursos são emprestados a curto prazo (períodos inferiores a 1 ano).
MMonopólio:Forma de mercado na qual uma empresa domina a oferta de um determinado produto ou serviço que não pode ser substituído.
MMoody´s Investors Service:Empresa norte-americana especializada em aconselhamento de investidores. Analisa a situação de títulos vendidos ao público, atribuindo notas que vão de Aaa (mais alta) até Caa (mais baixa).
MMortgage:Hipoteca.
MMSCI:Morgan Stanley Capital International é um índice pela Morgan Stanley que visa acompanhar o desempenho das bolsas de valores.
MMultimercados com Renda Variável:Fundos que buscam retorno no longo prazo, investindo em diversas classes de ativos (renda fixa, câmbio, por exemplo), incluindo renda variável (ações, etc.). Não possuem um mix de ativos com o qual devem ser comparados.
MMultimercados com Renda Variável Alavancado:Fundos que buscam retorno no longo prazo, investindo em diversas classes de ativos (renda fixa, câmbio, por exemplo) incluindo renda variável (ações, etc.). Além disso podem utilizar estratégias que impliquem em alavancagem dos recursos.
MMultimercados sem Renda Variável:Fundos que buscam retorno no longo prazo, investindo em diversas classes de ativos, exceto em renda variável. Não utilizam alavancagem.
MMultimercados sem Renda Variável Alavancado:Fundos que buscam retorno no longo prazo, investindo em diversas classes de ativos, exceto em renda variável. Podem utilizar alavancagem.
NNarrow Market:Mercado fraco, com variações insignificantes de preços e com volume pequeno de operações.
NNASD:National Association of Securities Dealers significa Associação Nacional de Negociadores de Títulos. É uma instituição auto-reguladora da indústria de títulos norte-americana.
NNASDAQ:National Association of Securities Dealers Automated Quotation. é a principal instituição norte-americana que opera no mercado de balcão. A Nasdaq, lançada em 1971, é conhecida por negociar ações de empresas de tecnologia, como Microsoft, Intel, Dell Com
NNBCe:Notas do Banco Central - série Especial são títulos com correção atrelada à variação do dólar comercial, com prazo mínimo de resgate de três meses e taxas de juros de 6% a.a.(ao ano).
NNecessidade de Capital de Giro:Ativos Cíclicos (Clientes e Estoques) menos Passivos Cíclicos (Fornecedores, Impostos, Salários, etc).
NNegociação direta:É o tipo de negociação que é realizada sob normas especiais por um mesmo representante de sociedade corretora para comitentes diversos. A corretora atua como comprador e vendedor ao mesmo tempo.
NNepotismo:Prática administrativa que consiste no favorecimento de parentes e amigos com empregos, títulos e honrarias.
NNet Present Value:Veja Valor Presente Líquido.
NNew Issue:Nova emissão.
NNew York Stock Exchange:É a maior bolsa de valores de Nova Iorque.
NNível de Suporte:Consiste na cotação mínima provável de uma ação em uma determinada data. É estabelecido através de um gráfico de mínimas de um período anterior. Vale para curto e médio prazo.
NNível de Resistência:Consiste na cotação máxima provável de uma ação numa data. É estabelecido com base na extrapolação de máximas de um período anterior, traçado sobre um gráfico. Vale para curto e médio prazo.
NNon-accrual Asset:Ativo, geralmente crédito, que não está rendendo a taxa de juros contratual, por causa de dificuldades financeiras do devedor.
NNon-calable Bonds:Títulos que não podem se converter antes do prazo determinado de vencimento .
NNon-profit situation:Situação não rentável.
NNota de Corretagem:Documento apresentado pela corretora ao seu cliente, que contém o registro da operação realizado, bem como a indicação da espécie, quantidade de títulos, preço, data do pregão, valor da negociação, valor da corretagem cobrada e dos emolumentos devidos.
NNota Promissória:Título assinado pelo tomador de empréstimo, no qual declara dever um montante equivalente ao empréstimo tomado.
NNotas Explicativas:Informações mais detalhadas sobre assunções contábeis ou da operação em geral de uma empresa. Vêm junto aos demonstrativos contábeis.
NNovação:Ato de converter uma dívida em outra, para liquidar a primeira
NNTN:Notas do Tesouro Nacional são títulos de financiamento da dívida do Tesouro. São pós-fixados com valor nominal de emissão em múltiplos de R$ 1,00.
NNTNd:Notas do Tesouro Nacional com prazo mínimo de 3 meses e juros de 6% a.a.(ao ano)
NNTNh:Notas do Tesouro Nacional com prazo mínimo de 90 dias e remuneração pela TR. Podem ser nominativas ou negociáveis.
NNúmero de Negócios:Consiste no Total de transações efetuadas com um papel ao longo do dia.
NNúmero-Índice:Consiste numa média de variações relativas.
OObrigação:Consiste num título financeiro emitido por empresas ou pelo poder público que representa um empréstimo feito ao emissor e que rendem juros.
OObsolete Securities:Títulos ou ações de uma companhia que saiu do mercado.
OOdd-lot:Lote fracionário, isto é, inferior ao mínimo negociado num lote individual.
OOferta de direitos:Oferta feita por uma empresa a seus acionistas e que lhes dá oportunidade de comprar novas ações por um preço determinado, geralmente abaixo do preço de mercado, e dentro de um prazo relativamente curto.
OOferta pública de compra:É uma proposta de aquisição de um lote específico de ações, por um determinado preço. A operação está sujeita a interferência.
OOferta pública de venda:Proposta de colocação de um determinado número de ações de uma empresa para o público.
OOff-board:Consiste na negociação de ações não listadas no mercado de balcão.
OOmbro:É uma formação que surge após um movimento de alta no estudo de uma ação feito através do gráfico de barras.
OOMC:Organização Mundial de Comércio é o órgão máximo do comércio mundial, que regula e fiscaliza a prática comercial entre os países.
OOpção:Possibilidade de comprar ou vender ações por um preço determinado, em quantidades determinadas em um certo período. A opção é uma alternativa de investimento baseada em um outro ativo.
OOpção Americana:Contrato de opção que se pode exercer a qualquer momento antes da data da opção, ao contrário da opção européia, que só pode ser exercida na data de vencimento da opção.
OOpção de compra de ações:Direito do titular de uma opção de, se desejar, adquirir do lançador uma quantidade de determinada ação, por um preço estipulado e durante o prazo de vigência da opção.
OOpção de Swap:Direito de realizar um swap em uma data determinada.
OOpção de venda de ações:Direito do titular de uma opção de, se o desejar, vender ao lançador um lote-padrão de determinada ação, por um preço previamente estipulado, na data de pré-fixada de vencimento da opção.
OOpção Européia:Contrato de opção que só pode ser exercido na data de vencimento da opção e não antes como na opção americana.
OOpções sobre o índice Bovespa:Direito de comprar ou vender um índice Bovespa até determinada data. O preço e o prêmio dessa opção são expressos em pontos do índice .
OOpen market:Significa qualquer mercado sem local físico determinado e com livre acesso à negociação. No Brasil, a expressão consiste no conjunto de transações realizadas com títulos de emissão do governo, normalmente de curto-prazo.
OOPEP:A Organização dos Países Exportadores de Petróleo é uma entidade que tem o objetivo de estabelecer uma política comum em relação ao petróleo. Integram a associação: Arábia Saudita, Argélia, Equador, Gabão, Irã, Iraque, Kuwait, Líbia, Nigéria, Qatar, União
OOperação:Termo usado no mercado financeiro que diz respeito a qualquer transação mobiliária como por exemplo a compra de uma ação, emissão de um DOC, etc.
OOperação de Câmbio:Negociação de moeda estrangeira através da troca da moeda de um país pela de outro.
OOperação de Câmbio Negro ou Câmbio paralelo:Consiste na conversão de Reais por dólar no mercado paralelo.
OOperação “Day-trade”:Operação de compra e venda de um título no mesmo dia, de um mesmo comitente.
OOperação de financiamento:É a compra à vista de um lote de ações e sua venda imediata num dos mercados a prazo, sendo que a diferença entre os dois preços é a remuneração da aplicação pelo prazo do financiamento
OOperador de pregão:Pessoa que representa uma corretora e que executa ordens de compra e de venda de ações no pregão de uma bolsa de valores.
OOperador do sistema eletrônico:Pessoa que representa uma sociedade corretora e que executa ordens de compra e de venda de ações, através do sistema de pregão eletrônico da Bovespa.
OOption Price Model:“Modelo de precificação de opções” é uma fórmula para determinar o preço de opções. A fórmula é composta de: duração de uma opção, valor corrente do ativo, preço de exercício e taxa de juros sem risco.
OOrdem:Instrução dada por um cliente a uma sociedade corretora, para a execução de compra ou venda de valores mobiliários.
OOrdem Administrada:É aquela que o investidor especifica somente a quantidade e as características dos valores mobiliários ou direitos que deseja comprar ou vender. A execução da ordem ficará a critério da corretora.
OOrdem a mercado:É a ordem que deve ser executada ao preço de mercado, só havendo especificação da quantidade e das características de um valor mobiliário.
OOrdem casada:É aquela composta por uma ordem de compra e uma outra de venda de um determinado valor mobiliário. Só será efetivada quando ambas puderem ser executadas.
OOrdem Discricionária:É quando a pessoa física ou jurídica que administra carteira de títulos e valores mobiliários ou um representante de mais de um cliente estabelecem as condições de execução da ordem. Após executada, o ordenante irá indicar: o nome do investidor (ou invest
OOrdem de financiamento:É constituída por uma ordem de compra (ou venda) de um valor mobiliário em um tipo de marcado e uma outra concomitante de venda (ou compra) de igual valor mobiliário no mesmo ou em outro mercado, com diferentes prazos de vencimento.
OOrdem Limitada:É a operação que será executada por um preço igual ou melhor que o indicado pelo investidor.
OOrdem em aberto:É a ordem que permanece válida até ser executada ou cancelada.
OOrdem on-stop:É a ordem em que o investidor determina o preço mínimo pelo qual a ordem deve ser executada.
OOrdinary shares:Ações ordinárias.
OOscilação:Consiste na variação, seja positiva ou negativa, verificada no preço de um mesmo ativo num certo período de tempo.
OO.T.C:Over-the-counter Market é o mercado de balcão.
OOuro:Metal precioso utilizado como moeda desde épocas remotas (560 antes de cristo). É brilhante, amarelo e de alta densidade.
OOuro Negro:Apelido dado ao petróleo.
OOutsider:Oposto ao insider, é a pessoa que não tem acesso à informações privilegiadas.
OOver / Overnight:São operações realizadas diariamente pelos bancos no mercado aberto, com intuito de obter recursos para financiar as suas posições em títulos públicos. Eles repassam esses títulos aos investidores com o compromisso de recomprá-los no dia seguinte, pagando
OOvernight:Operações realizadas no open market por prazo mínimo de um dia.
OOversold:Vendas excessivas que provocam quedas de preços abaixo dos níveis justificáveis.
PP/L:O Índice Preço/Lucro avalia teoricamente o prazo, em anos, em que o investidor teria o retorno do seu investimento, assumindo-se a distribuição integral e constante dos lucros da empresa. Calcula-se dividido a cotação pelo lucro por ação. É muito usado pa
PPadrão Ouro:É o sistema monetário em que o valor de uma moeda nacional é legalmente definido como uma quantidade fixa de ouro.
PPaid in surplus:Ágio pago na venda de ações.
PPar:Título que está sendo vendido pelo preço igual ao seu valor de face.
PParidade:Quando dois ou mais valores estão no mesmo preço.
PPassivo (Liability):Compreende todas as obrigações e dívidas de uma empresa. É a parte do balanço que mostra a origem ou fonte de recursos que uma empresa dispõe.
PPassivo Circulante:Onde estão as obrigações de curto prazo da companhia, como por exemplo, dívida com fornecedores, instituições financeiras, etc.
PPassthrough:Reflexo do aumento da taxa de câmbio sobre os preços internos, gerando inflação. Acontece quando o dólar se valoriza frente à moeda nacional, e por conseqüência os produtos importados ficam mais caros, proporcionando uma margem maior para os produtores
PPatrimônio:Conjunto de bens e direitos de uma pessoa ou empresa.
PPatrimônio líquido:É o valor contábil pertencente aos acionistas ou sócios, calculado como a diferença entre o valor dos ativos e dos passivos de uma empresa.
PPay back period:Período de retorno do investimento.
PPay-out:Investidor fundamentalista que indica o percentual de lucro que é distribuído por uma empresa. Para seus acionistas na forma de dividendos ou juros sobre capital próprio. A legislação exige que seja distribuído, no mínimo, 25% do lucro líquido após deduçõ
PPEA:População Economicamente Ativa de um país é aquela que está em condições de trabalhar.
PPecúlio:Qualquer soma de dinheiro acumulada como reserva.
PPerformance:Desempenho obtido numa atividade. A taxa de performance é cobrada em fundos de investimentos quando a rentabilidade ultrapassa um desempenho mínimo acordado previamente.
PPermissionária:Sociedade corretora que opera no pregão de uma bolsa de valores, mas não possui título patrimonial.
PPerpetual Bond:Título sem data de vencimento ou de prazo longuíssimo de maturação. Aparece apenas em economias estáveis.
PPessoa Física:Toda pessoa, desde o nascimento até sua morte.
PPessoa Jurídica:Instituição (corporação, sociedade, empresa, etc) que se personaliza e individualiza, diferenciando-se das pessoas físicas que a foram. Depende de aspectos legais.
PPeso:Quantidade de ações que uma empresa possui num índice.
PPetrodólar:Dinheiro (na maioria das vezes dólar) originado na exportação de petróleo.
PPIB:Produto Interno Bruto é o conjunto de todos os bens e serviços produzidos em um país.
PPlayer:Participante de um mercado.
PPlunger:Pessoa que assume altos riscos na expectativa de grandes lucros.
PPNB:Produto Nacional Bruto: é o valor agregado de todos os bens e serviços resultantes da mobilização de recursos nacionais (provenientes de residentes no país), independente do território econômico em que foram produzidos. Isso significa que os rendimentos r
PPNL:Produto Nacional líquido eqüivale ao Produto Nacional Bruto menos o valor da depreciação sofrido pelos bens de capital utilizados no processo produtivo.
PPó:Gíria que significa título e/ou investimento que perdeu totalmente o seu valor no mercado.
PPolítica Cambial:Conjunto de medidas do governo referentes à taxa de câmbio.
PPolítica Fiscal:Consiste na definição e a aplicação da carga tributária sobre empresas e pessoas físicas, além da definição dos gastos do Governo com base nos tributos arrecadados
PPolítica Monetária:Conjunto de medidas que definem a taxas de juros o controle da oferta de moeda com o objetivo de garantir a liquidez ideal para cada momento econômico. O Banco Central é o executor dessa política
PPonto de Equilíbrio:O mesmo que Break-even Point, isto é, o volume exato de vendas em que a empresa nem ganha ou perde dinheiro. Acima desse valor ocorre lucro e abaixo, prejuízo.
PPortfólio:Conjunto de títulos e valores mobiliários pertencentes a um fundo mútuo ou investidor.
PPós-fixado:Investimento cuja rentabilidade é determinada a posteriori. É geralmente vinculado a algum tipo de indexador.
PPosição:Saldo resultante de negócios efetuados por um mesmo cliente numa certa data.
PPosição em aberto:Saldo de posições mantidas em aberto pelo investidor em mercados futuros e de opções Poupança: É a parcela de renda economizada, depois de deduzidas despesas com consumo. Também significa a modalidade de investimento mais tradicional e conservadora do mer
PPrazo médio de estocagem:Indicador que mostra o prazo médio de renovação dos estoques. Quanto mais curto, melhor. (Estoques X período do CPV / CPV).
PPrazo médio de pagamento aos fornecedores:Indicador que mostra o tempo médio decorrido entre a compra de matéria-prima e o efetivo pagamento aos fornecedores. (Fornecedores X Período das Compras / CPV).
PPrazo médio de recebimento de vendas:Indicador que mostra o número de dias que a empresa deverá esperar, em média, para receber efetivamente suas vendas a prazo. (Contas a Receber de Clientes x Período das vendas /Vendas Brutas do período passado).
PPré-Fixado:Investimento cuja a rentabilidade é conhecida a priori, ou seja, o investidor já sabe a rentabilidade que irá receber no período, no momento da aplicação.
PPreço de exercício da opção:Preço por ação pelo qual um titular terá direito de comprar ou vender a totalidade das ações-objeto da opção. Preço Justo: O preço justo é um dos critérios usados pelos fundamentalistas para avaliar se o papel está caro ou barato. O cálculo do preço justo
PPreço/Geração de Caixa:Indicador complementar ao P/L, sendo visto como o tempo teórico de retorno esperado, em relação ao efeito caixa do resultado do exercício. (Cotação da ação / Geração de Caixa por Ação).
PPreço/Lucro:O Índice Preço/Lucro avalia teoricamente o prazo, em anos, em que o investidor teria o retorno do seu investimento, assumindo-se a distribuição integral e constante dos lucros da empresa. Calcula-se dividido a cotação pelo lucro por ação. É muito usado pa
PPreço/Valor Patrimonial:Indicador que mostra a relação existente entre o valor de mercado e o valor contábil do Patrimônio Líquido da empresa. (Cotação da Ação / Patrimônio Líquido por Ação).
PPregão:Local que se efetuam os negócios em uma bolsa de valores, podendo ser na sala de negociações ou pelo sistema eletrônico.
PPregão eletrônico:Sistema de negociação eletrônico por terminais, permitindo a realização de negócios na BOVESPA.
PPrejuízo:Ocorre quando as receitas são menores que as despesas.
PPrejuízo Acumulado:Sub-item do patrimônio líquido do balanço patrimonial, que surge quando a empresa acumula prejuízos.
PPrêmio:Preço de negociação de uma opção de compra ou venda.
PPrescrição:Extinção de um direito pelo fato de seu detentor não exercê-lo.
PPrevidência Privada:Planos privados que são complementares à previdência social, tendo objetivo acumular renda para aposentadoria.
PPriced Out:Expressão que significa que o mercado já incorporou uma informação ao preço da ação. Assim o acontecimento já está precificado.
PPrime Investment:Investimento de primeira classe.
PPrime Rate:Taxa de juros proporcionada pelos títulos de primeira linha ou alta qualidade, sendo que o prêmio por risco é praticamente zero. É a taxa de juros mais baixa do mercado.
PPrimeira Linha:Também conhecidas como Blue Chips, são as ações mais negociadas (de maior liquidez) em bolsas de valores.
PPrincipal:Valor de um empréstimo, sem incluir os juros a serem pagos.
PPrivatização:Transferência do controle acionário estatal para o controle privado.
PProfit:Lucro.
PPro Forma:Expressão latina que significa uma projeção de como as situações financeiras serão afetadas na premissa de determinadas condições no futuro. Pode ser usada para determinar relações históricas ou projeções futuras.
PPro Rata:Expressão latina que significa “proporcionalmente”.
PPropensão a Consumir:Expressão criada por Keynes que significa parte da renda que é despendida em consumo
PPropensão a Investir:Expressão criada por Keynes que significa a preferência de um indivíduo possuidor de capital a destiná-lo a um investimento produtivo.
PPropensão a Poupar:Proporção de renda destinada à poupança.
PProtecionismo:Sistema de tarifas ou cotas que visa restringir o fluxo de importações para um determinado local.
PProventos:Veja Benefícios.
PProxy:Hipótese utilizada como referência para se estimar o valor de uma variável, antes de conhecê-la.
PPuffer:Pessoa que faz ofertas falsas com intuito de aumentar o preço final de bens leiloados.
PPut and Calls:Put são opções de venda e Call são opções de compra de um título a um determinado preço a um certo período.
QQuadro de cotações:Local onde são divulgados preços e quantidades de ações negociadas no recinto das bolsas de valores.
QQuality stock:Ação de primeira qualidade.
QQuick return:Especulação que envolve uma compra e uma venda subsequente num período curto, visando um rápido retorno.
QQuilo:Quantidade que representa um milhão de ações.
QQuinta-feira negra:Dia 24 de outubro de 1929, quando iniciou a queda da bolsa de Nova Iorque, que provocou um grande crise até os ano 30.
QQuitação:Declaração do credor de recebimento de parte ou total do débito.
QQuórum:Número mínimo de indivíduos representantes de uma instituição ou percentual de um grupo que deve estar presente em uma reunião ou assembléia para que ela possa ter validade legal.
QQuota:Fração de um fundo ou clube de investimento, cujo valor é igual à divisão de seu patrimônio líquido pelo número existente de quotas.
RRally:Oscilação rápida na cotação de ações.
RRate of return:Taxa de retorno de um título.
RRating:Classificação de risco de um ativo, instituição ou país feita por uma agência especializada. Standard&Poor´s, Moody´s e Fitch são as três agências de rating mais conhecidas pelo mercado.
RRDB:Recibo de Depósito Bancário é uma aplicação de renda fixa, no qual o rendimento é uma taxa de juros previamente combinada e negociada diretamente com o banco. O título não pode ter seus recursos antecipadamente retirados.
RRealização de lucro:Venda de títulos quando os seus preços permitem uma boa margem de lucro em relação aos preços de compra.
RRebate:Ocorre quando um devedor paga, com permissão do credor, os juros por antecipação e a dívida antes de seu vencimento, recebendo os juros pagos ou uma parte deles de volta.
RReceita Bruta:Montante recebido pela venda dos produtos ou serviços da empresa, sem dedução.
RReceita Líquida:Montante recebido pela venda dos produtos ou serviços da empresa, deduzidos as mercadorias devolvidas e os impostos pagos pela empresa (IPI, ICMS, outros).
RRecessão:Crescimento negativo da economia de um país ou do PIB.
RRecibo de subscrição:Documento que comprova o exercício do direito de subscrição, podendo de ser negociado em bolsa.
RRecompra:Resgate de um ativo financeiro antes de seu vencimento.
RRecursos Administrados:Valores próprios ou de terceiros cujas decisões de investimento são centralizadas na figura de um administrador ou instituição financeira.
RReferenciado:Procuram acompanhar algum benchmark.
RRegistro em Bolsa:Requisito para que uma empresa tenha suas negociadas em uma bolsa de valores, submetida as normas estabelecidas pela mesma.
RRefunding:Colocação para a venda de novos títulos de dívida que substituem uma emissão de títulos anterior.
RRegulamento:Instrumento jurídico que disciplina os direitos e obrigações das partes contratantes, além das características gerais do contrato.
RRenda Fixa:Tipo de aplicação cuja rentabilidade segue taxas conhecidas do mercado financeiro ou é previamente definida. Ex.: debêntures, fundos DI.
RRenda Fixa com Alavancagem:Investimentos em ativos de renda fixa de qualquer espectro de risco de crédito, com possibilidade de fazer alavancagem.
RRenda Fixa Crédito:Investimentos em títulos de renda fixa de qualquer espectro de risco de crédito, excluindo-se estratégias que impliquem em risco de índices de preço, de moeda estrangeira ou de renda variável (ações, opções etc), não sendo admitida alavancagem da carteira
RRenda Fixa Multi-Índices:Investimentos em ativos de renda fixa de qualquer espectro de risco de crédito, incluindo-se estratégias que impliquem em risco de índices de preço. Incluem-se nesta categoria os fundos de renda fixa com risco de indexadores (fundos IGPM, etc) sem alavanc
RRenda per capita:Indicar utilizado para medir o grau de desenvolvimento de um país, a partir da divisão da renda total pela população.
RRenda Variável:Investimento cuja rentabilidade não pode ser determinada na data da realização do mesmo, sendo pouco previsível, uma vez que é sujeito a variações do mercado.
RRentabilidade:Ganho financeiro nominal sobre o total do investimento, sendo expresso em valores percentuais.
RRentabilidade do Ativo total:Indicador que mede o retorno obtido em relação ao total de recursos empregados, verificando a eficiência da administração. (Lucro Líquido / Ativo Total Médio).
RRentabilidade do Patrimônio Líquido:Indicador que mede a performance do lucro em relação ao capital próprio empregado num investimento. É a taxa de retornos dos acionistas. (Lucro Líquido / Patrimônio Líquido)
RRepique:Consiste num movimento de alta de curta duração, que ocorre durante o processo de baixa que está sofrendo certo título.
RReserva legal:Lucro retido com o intuito de garantir a integridade do capital de uma sociedade corretora.
RReservas Internacionais:Consistem em ativos seguros (baixa volatilidade), como o dólar americano ou o ouro, mantidos dentro do país.
RResgate:Retirada integral ou de parte de recursos investidos em determinada aplicação.
RResgate Automático:Resgate previamente programado pela instituição financeira.
RResgate Mínimo:Valor mínimo que pode ser retirado pelo investidor de uma determinada aplicação. O valor do resgate mínimo varia de fundo para fundo.
RResistence points:Pontos em que a evolução do preço de um título pára, depois de forte evolução num período específico.
RResistência:Expressão usada por analistas técnicos, que significa os topos de um gráfico. O contrário seriam os suportes, locais mais baixos no gráfico.
RResolução:Norma legal reguladora do mercado financeiro emitida por agências federais.
RResseguro:Operação pela qual um ou mais seguradores transferem à resseguradora o excesso de responsabilidade que ultrapassa o limite de sua capacidade de retenção de riscos. Por conseqüência, isso diminui sua responsabilidade na aceitação de um risco considerado pe
RResultado de Exercícios Futuros:Parte do passivo onde estão classificadas as receitas dos próximos exercícios, subtraídas dos custos e despesas a elas correspondentes.
RRetângulos:Formação que aparece num gráfico de barras após um movimento de alta ou baixa no estudo do comportamento de uma ação.
RReuters:Importante agência internacional de notícias e informações.
RRigging:Manipulação de ações no mercado.
RRisco:Consiste no grau de incerteza da rentabilidade de um investimento. No vocabulário do mercado financeiro, a palavra "risco" está sempre associada à probabilidade de ganhos ou perdas acima ou abaixo da média de mercado.
RRisco de Crédito:Risco que determinado título não possa ser honrado pelo seu emissor. Ex.: no caso de falência de uma empresa, as debêntures provavelmente não serão honradas.
RRock bottom:Ocorre quando os preços atingiram seu menor nível e dificilmente irão cair mais.
RROE:Return on equity é o mesmo que a rentabilidade patrimonial. Indicador que mede a performance do lucro em relação ao capital próprio empregado num investimento. É a taxa de retornos dos acionistas. (Lucro Líquido / Patrimônio Líquido).
RRollover:Empurrar uma dívida adiante
RRoyalty:Valor pago pelos direitos de exploração comercial de uma marca, patente, processo de produção, produto ou obra original para o seu detentor.
SSacado:Instituição financeira que atua como intermediária numa operação de financiamento.
SSacador:Pessoa que emite uma letra e câmbio.
SSafekeeping:Custódia.
SSalário mínimo:Menor remuneração permitida por lei para trabalhadores de um país, região ou atividade econômica.
SSale and leaseback:Operação que consiste na venda à vista e imediato arrendamento de que equipamento ou imóvel, sem perder a posse do bem. Muito usado no setor aéreo.
SSale and saleback:Operação que consiste na venda à vista e imediata recompra à prazo de um imóvel ou equipamento, como forma de obter recursos.
SSaturation point:Ponto de saturação é o ponto máximo de um ciclo do mercado de ações, a partir do qual a oferta excederá a procura.
SScalper:Operador especializado em operações em day-trade.
SS&P 500:Índice criado pela Standard & Poor´s, que contém as 500 companhias líderes nos setores mais importantes da economia norte-americana, tentando refletir o desempenho da Bolsa de Valores de Nova York. Está entre os indicadores mais usados no mercado de capi
SSEC:Securities and Exchange Comission é a comissão de valores mobiliários americana.
SSecuritização:Operação financeira que faz a conversão de um empréstimo (dívida) e outros ativos, em títulos negociáveis (securities).
SSecuritização de Recebíveis:Transformação de um recebível, isto é, um título cujo valor será recebido num momento futuro, em títulos negociáveis para vendê-los a investidores. Essa operação tem como objetivo a redução do risco da carteira de investimentos
SSegmentação:Separação e classificação por algum critério preestabelecido.
SSegunda Linha:São ações que apresentam menor liquidez em bolsa do que as blue chips.
SSELIC:Sistema Especial de Liquidação e Custódia é um sistema eletrônico, em tempo real, do Banco Central, cuja função é receber o título do vendedor e transferi-lo ao comprador, ao mesmo tempo em que recebe o dinheiro do comprador e o repassa ao vendedor, num
SSelling off:É a queda de preços, ocasionada por um aumento na oferta não acompanhando pela demanda.
SSérie de opções:Opções sobre a mesma ação-objeto, com o mesmo preço de exercício e mesmo mês de vencimento e Ex.: TNLPH34.
SSettlement Day:Dia de pagamento dos títulos e da sua entrega.
SShare:Ação.
SShareholder:Acionista.
SShogun bonds:Expressão nipo-americana que significa títulos estrangeiros emitidos em Tóquio, mas denominados em moedas distintas do iene japonês.
SShort-selling:Venda a descoberto. É um mecanismo para a venda à vista de ações tomadas emprestadas para posterior reposição.
SSick market:Mercado doente, incerto, desencorajador.
SSISBACEN:Sistema de Operações, Registro e Controle do Banco Central é o instrumento de comunicação computadorizado do Banco Central com as instituições financeiras.
SSisbex:Sistema de negociação secundária de títulos públicos, pertencentes a Bolsa do Rio de Janeiro.
SSistema Financeiro nacional:Conjunto de instituições financeiras voltadas para a gestão política monetária do governo. Estão sob orientação do Conselho Monetário Nacional.
SSlump:Queda repentina no mercado acionário ou na economia como um todo.
SSmall caps:Consistem em ações de baixa liquidez, também chamadas ações de segunda linha.
SSmash:Declínio acentuado do mercado acionário.
SSND:Sistema Nacional de Debêntures é uma parte do sistema CETIP, com a função de manter registros e cadastros de todas as debêntures emitidas e negociadas no mercado.
SSobrevalorização:Ocorre quando um ativo está valendo mais do que seu valor real.
SSobras de subscrição:Direitos referentes ao não exercício de preferência em uma subscrição.
SSociedade Anônima:Empresa que tem o capital dividido em ações e a responsabilidade de seus acionistas é proporcionalmente limitada ao valor de emissão das ações subscritas ou adquiridas.
SSociedade Coligada:Sociedade em que uma coligada participa com 10% ou mais no capital da outra, porém sem controlá-la.
SSociedade de Crédito, Financiamento e Investimento:É uma instituição financeira que pratica operações de financiamento de bens de consumo duráveis a médio prazo.
SSociedade corretora:Instituição que opera no mercado de capitais com títulos e valores mobiliários, especialmente no mercado acionário. Sua função é a intermediação nas transações entre os investidores nas bolsas de valores. Além disso, administra carteiras de ações, fundos
SSociedade distribuidora:Possui operação mais restrita do que as corretoras, uma vez que não tem acesso direto às bolsas de valores e de mercadorias. Tem como função a subscrição isolada ou em consórcio de emissão de títulos e valores imobiliários para revenda, a intermediação da
SSociedade de Economia Mista:Sociedade em que o estado participa como acionista majoritário, tendo o direito de nomear e demitir administradores.
SSociedade de Investimento:Sociedade que se destina a captar recursos externos para posterior aplicação no mercado de capitais brasileiro.
SSociedade Limitida:Sociedade em que os sócios respondem integralmente pelas obrigações da empresa até valor total do capital, enquanto o capital estipulado não estiver integralizado.
SSociedade membro:Corretora afiliada a uma bolsa de valores, subordinado-se aos padrões, normas e exigências dessa bolsa.
SSócio Comanditário:Sócio que entra apenas com o dinheiro numa sociedade em comandita, não possuindo qualquer responsabilidade adicional.
SSócio Solidário:Sócio que responde integralmente pelas dívidas da empresa, na sociedade comandita.
SSolvência:Situação em que o valor dos ativos de uma companhia supera o seus passivos.
SSOMA:Sociedade Operadora de Mercado de Acesso é um mercado de balcão localizado no país.
SSonegação Fiscal:Maneira ilegal de diminuir ou evitar o pagamento de taxas, impostos, etc.
SSplit:Maneira ilegal de diminuir ou evitar o pagamento de taxas, impostos, etc.
SSpot news:Notícias que afetam o mercado em certo momento.
SSpread:Diferença entre o preço de compra e de venda de um título ou moeda. É o lucro da operação financeira, valendo também para as taxas de juros.
SSpread Risk:Ato de diminuir o risco, através da diversificação nos investimentos em ações.
SSteady Market:Mercado firme, com pouca volatilidade.
SStandard&Poor´s:Consultoria de investimentos americana, subsidiária da Mcgraw Hill, que fornece indicadores, coeficientes e compilações de índices do mercado financeiro.
SStock:Ações. Deve-se diferenciar o termo “stock”, que significa conjuntos de ações que formam o capital social e “share”, uma unidade desse conjunto.
SStockbroker:Corretor de bolsa de valores.
SStraddle:Casamento de opções, isto é, Compra ou venda, por um mesmo investidor de igual número de opções de compra e de venda sobre a mesma ação-objeto, com idênticos preços de exercício e datas de vencimento.
SStrike price:Preço de exercício.
SStrong market:Mercado forte.
SSubscrição:Chamada de capital realizada por uma sociedade anônima, através do lançamento de novas ações, para subscrição pelos acionistas.
SSubscrição de Ações:Direito estendido aos acionistas para aquisição de ações da empresa, quando esta decide emitir novas ações visando aumentar seu capital. Preço e prazo oferecido são pré-estabelecidos.
SSubsidiária:Empresa cujo controle pertence a outra empresa (holding).
SSubstituição de importações:Processo de desenvolvimento interno de um país, através do crescimento e diversificação do setor industrial, deixando de importar os itens produzidos.
SSucess Fee:Também conhecida como taxa de performance, consiste num percentual cobrado pelas instituições sobre a parcela da rentabilidade do fundo de investimento, que exceder a variação de um determinado benchmark estabelecido. Ex.: Se a taxa de performance é de 10
SSuperávit Comercial:Ocorre quando o valor das exportações é maior que o valor das importações de um país.
SSuperávit Primário:É o resultado do que governo arrecada menos o que ele gasta, com exceção do cálculo da dívida pública.
SSuperinvestimento:Ocorre quando o nível de investimentos em um país supera o nível de poupança interna.
SSupport price:Preço de sustentação mínimo.
SSuporte:Termo usado pelos Analistas Técnicos, consiste nos fundos de um gráfico. Uma ação atinge o suporte quando as compras feitas pelos investidores são fortes suficientes para interromper o processo de queda durante algum tempo e, possivelmente até revertê-lo.
SSwap:Contrato de troca, seja de moedas, commodities ou ativos financeiros.
SSwing:Flutuação de preços.
SSyndicate:Termo que no mercado financeiro significa a formação de joint-ventures ou associação temporária para a realização de um tipo de investimento, que é maior que capacidade da empresa sozinha.
TTake Over Bid:Expressão que significa oferta pública de compra de uma empresa ou de suas ações.
TTaxa de Administração:Taxa cobrada por instituição financeira pelo serviço de administração de um fundo de investimento. Os fundos possuem diferentes taxas de administração.
TTaxa de Câmbio:Valor de conversão entre 2 moedas. Ex.: A taxa de câmbio entre o real e o dólar é de R$ 2,80
TTaxa de Custódia:Taxa cobrada por uma corretora de valores mobiliários pela manutenção das ações de seus clientes sob sua guarda..
TTaxa de Juros:É o custo do dinheiro no mercado, sendo um ganho para o emprestador e uma despesa para o tomador do empréstimo.
TTaxa de Performance:Consiste num percentual cobrado pelas instituições sobre a parcela da rentabilidade do fundo de investimento, que exceder a variação de um determinado benchmark estabelecido. Ex.: Se a taxa de performance é de 10% sobre o Ibovespa, o percentual será cobra
TTaxa Efetiva:Rentabilidade final de um investimento, mostrando se houve ganho/perda do investidor.
TTaxa Interna de Retorno:Taxa que tenta determinar a rentabilidade de um investimento ou projeto.
TTaxa Over:Taxa criada e remanescente do período de taxas inflacionárias altas. Essa metodologia é utilizada apenas no Brasil, sendo padrão para empréstimos entre bancos.
TTaxa Pura de juros:Corresponde a uma aplicação de risco zero, ou seja, sem risco para o emprestador. É a taxa paga pelos melhores títulos de dívida do mundo, entre os quais estão os títulos do tesouro americano.
TTBC / TBAN:Taxa Básica do Banco Central e Taxa de Assistência do Banco Central são utilizadas nos empréstimos de liquidez dos bancos junto ao Banco Central e por este definidas no final do mês anterior ao de suas vigências, em reunião específica do Comitê de Polític
TTBF:Taxa Básica Financeira é uma taxa criada com o intuito de alongar o perfil das aplicações em títulos com uma taxa de juros de remuneração superior à TR. O cálculo da taxa é idêntico ao da TR, senda a única diferença a não aplicação de redutor.
TTDA:Títulos da Dívida Agrária são uma das chamadas "moedas podres".
TTender:Proposta, lance, oferta. Consiste também numa oferta formal para adquirir o controle de uma companhia.
TTicker:Sistema ligado ao pregão da bolsa, que permite saber os volumes e preços transacionados.
TTied loan:Empréstimo no qual o tomador de recursos é obrigado a consumir parte do financiamento na compra de produtos, materiais ou serviços do país financiador, para execução do projeto no qual será aplicado dinheiro.
TTigela:Formação que surge após um movimento de alta ou de baixa, no estudo do comportamento gráfico de uma ação.
TTight market:Mercado competitivo, onde o spread é pequeno entre a compra e a venda de um ativo.
TTight money:Situação na qual é muito difícil de se obter crédito, mesmo oferecendo garantias de primeira linha e pagando elevadas taxas e juros.
TTigres Asiáticos:Países cujo desenvolvimento foi intenso após a segunda guerra mundial. Os tigres asiáticos são Taiwan, Coréia, Singapura e Hong Kong.
TTiming:Momento mais propício para realizar uma certa ação financeira.
TTiroteio:Tentativa de manipulação dos preços do preço de papéis de grande liquidez e opções, com intenção de forçar uma tendência, para forçar ou evitar o exercício de opções. Consiste num duelo entre grandes investidores.
TTips:Dicas, informação “insider”.
TTitular de opção:Aquele que possui o direito de exercer ou negociar uma opção.
TTitularidade:Propriedade de um ativo.
TTítulo de Capitalização:Tipo de investimento, que se assemelha a um jogo, no qual se pode recuperar parte do valor gasto na aposta. Sem ser sorteado, o rendimento da aplicação geralmente é inferior ao da caderneta de poupança.
TTítulo patrimonial da bolsa:Título que uma sociedade corretora deve adquirir se deseja ingressar como membro de uma bolsa de valores, desde que autorizada pelo Banco Central do Brasil.
TTítulos:Papéis ou certificados que representam um determinado capital. São emitidos por instituições públicas, privadas ou mistas, com o intuito de captar recursos.
TTítulos da Dívida Externa:Títulos emitidos pelo Governo Federal, com o objetivo de obter dinheiro no exterior para financiar sua operação.
TTítulos Estaduais:Título emitido por um estado, com interesse de captar dinheiro para seus investimentos, em troca de uma taxa de juros sobre o valor emprestado.
TTítulos Municipais:Título emitido por um município, com interesse de captar dinheiro para seus investimentos, em troca de uma taxa de juros sobre o valor emprestado.
TTítulos Pós-fixados:Tipo de investimento na qual a rentabilidade varia de acordo com a variação de um índice específico.
TTítulos Pré-fixados:Tipo de investimento na qual a rentabilidade é conhecida no momento da aplicação.
TTítulos Privados:Título emitido por uma empresa privada visando conseguir dinheiro para investimentos ou qualquer outra finalidade, em troca de uma taxa de juros sobre o dinheiro emprestado. Ex.: debêntures.
TTítulos Públicos:Título emitido por uma autarquia pública, visando conseguir dinheiro para investimentos ou qualquer outra finalidade, em troca de uma taxa de juros sobre o dinheiro emprestado.
TTJLP:Taxa de Juros de Longo Prazo é uma taxa de juros válida para os empréstimos de longo prazo. Foi criada para estimular os investimentos nos setores de infra-estrutura e consumo. Seu custo é variável mas permanece fixo por períodos mínimos de três meses.
TToken money:Moeda cujo valor de face é maior que o valor do material do qual é produzida. Pode ocorrer em situações de hiperinflação.
TTop price:Preço máximo.
TTR:Taxa Referencial de Juros é uma taxa criada no Plano Collor II, com o objetivo de ser uma taxa básica referencial dos juros a serem praticados no mês. É usada no cálculo do rendimento de vários investimentos, como por exemplo, a caderneta de poupança. Alé
TTrade-off:Escolha conflitiva, isto é, quando a solução de um problema implica em outro problema.
TTrader:Pessoa que venda e compra ações por conta própria.
TTrading Post:Posto de compra e venda nas bolsas de valores.
TTransações Correntes:Soma das balanças comerciais, de serviços e das transferências unilaterais. Transferência de Cotas: Troca de titular das cotas através de transferência de cotas de um certo fundo.
TTrava de baixa:Venda de uma opção de compra (call) de preço maior simultaneamente com a compra de uma outra opção de compra (call) com preço menor, apostando num mercado de baixa. É uma estratégia utilizada para limitar o prejuízo.
TTreasure bond:Título de longo prazo emitido pelo tesouro americano, com vencimento em 10 anos ou mais.
TTrend:Tendência.
TTriângulo Simétrico:Formação que surge, após um movimento de alta ou baixa, no estudo do comportamento gráfico de uma ação.
TTributação:Cobrança de impostos devidos.
TTurn around:Títulos comprados e vendidos no mesmo dia.
UUfir:Unidade fiscal de referência é uma medida de valor e parâmetro de atualização monetária de tributos e valores relativos a multas e penalidade de qualquer natureza, criada em 1991.
UUncovered:A descoberto.
UUnderwriters:Instituições do mercado financeiro especializadas em operações de lançamento de ações no mercado primário. Geralmente, são bancos múltiplos ou de investimento, distribuidoras e corretoras. Essas instituições possuem equipes formadas por analistas e técnic
UUnderwriting:Operações financeiras nas quais os bancos de investimento fazem o lançamento ou distribuição de ações, debêntures ou outros títulos mobiliários, para investimento ou revenda no mercado de capitais, recebendo uma comissão pelos serviços prestados, proporci
UUnderwriting firme:Operação realizada por uma instituição financeira na qual ela subscreve integralmente a emissão, para depois revendê-la ao público. A empresa não tem risco nenhum, uma vez que recebe os recursos, ficando o risco da aceitação ou não por conta do intermediá
UUnderwriting tipo best-efforts:Operação na qual a instituição financeira compromete apenas a realizar “os melhores esforços”, no sentido de colocação junto ao mercado das sobras de subscrição. A empresa é que fica com o risco de aceitação ou não das ações lançadas no mercado.
UUnderwriting tipo stand-by:Reúne características do “best-efforts” e do “underwriting firme”. Neste tipo de operação, o intermediário financeiro se compromete a colocar as sobras junto ao público por um determinado tempo, subscrevendo ele próprio o total de ações não colocadas ao p
UUpgrade:Mudança de classificação para melhor. Ocorre quando uma agência de classificação de risco aumenta o rating de um título.
UUsura:Cobrança de juros exorbitantes, superiores às taxas máximas permitidas por lei
VValor de exercício da opção:Preço de exercício de uma opção multiplicado pelo número de ações que compõem o lote-padrão de uma opção.
VValor de Mercado:Cotação da ação no mercado multiplicado pelo número de ações existentes na empresa. È o valor que o proprietário receberia caso vendesse este ativo hoje no mercado.
VValor intrínseco da opção:Diferença, quando positiva, entre o preço a vista de uma ação objeto e o preço de exercício da opção.
VValor intrínseco de uma ação:Baseia-se no princípio de que o valor presente de uma ação é resultado dos rendimentos futuros que se obterão com um investimento. A capacidade da empresa em gerar lucros no futuro é que irá aumentar o patrimônio do acionista.
VValor Justo:Consiste no valor do empreendimento menos a dívida líquida da empresa.
VValor Mobiliário:Termo que significa papéis e títulos com valores móveis, como por exemplo títulos da dívida pública, ações, etc.
VValor Nominal:Valor de uma ação no momento de sua emissão ou o valor mencionado no estatuto social de uma empresa.
VValor Patrimonial da ação:Divisão do patrimônio líquido pelo número de ações da empresa.
VValor Presente Líquido:Expressão utilizada para determinar quanto um projeto valeria hoje. É calculado através do fluxo de caixa descontado gerado pelo projeto, usando uma taxa representativa do risco.
VValor unitário da Ação:Divisão entre o valor do capital social realizado de uma empresa e o seu número de ações emitidas.
VValorização da Carteira:Ganho percentual de valor numa carteira de investimento durante um período de tempo.
VValue at Risk ou VAR:Técnica que mede a probabilidade de perda em uma aplicação nos diversos cenários adversos da economia
VVariação:Diferença entre os preços de um determinado título em dois momentos analisados.
VVariação Cambial:Variação percentual da taxa de câmbio num certo período de tempo.
VVencimento:Data final para liquidação de contrato.
VVenda em margem:Venda, à vista, de ações obtidas por empréstimo, pelo investidor, em uma sociedade corretora.
VVendido:Posição de um operador do mercado financeiro que vendeu títulos que não possui, e por isso, na hora de entregá-los, terá que tomá-los emprestados ou comprá-los por um preço nem sempre favorável a ele.
VVenture Capital:É o montante investido em atividades nas quais existe possibilidade de perdas, mas ao mesmo tempo, chance de ganhos superiores. Geralmente é uma operação em que pequenas e médias empresas recebem injeção de recursos. Capital de risco
VViés:Tendência verificada na análise de algum fenômeno da natureza ou situação estatística. É a diferença entre o valor esperado de um estimador e o valor teórico a estimar.
VVirar Pó:Expressão usada no mercado de opções, para designar uma opção que deixou de existir, perdendo o investidor o prêmio pago antecipadamente por ela. Ocorre quando o valor de mercado à vista da ação está abaixo da soma do prêmio e do preço do exercício que de
VVolatilidade:Grau médio de variação das cotações de um título, num certo período de tempo. Quanto maior a variação, maior a volatilidade.
VVolume:Montante financeiro ou dinheiro negociado por um determinado papel ou pela bolsa.
VVoto:Direito do possuidor de ações ordinárias (ou preferenciais não destituídas dessa faculdade) de participar das deliberações nas assembléias gerais.
WWACC:Weighted Average Cost of Capital consiste no custo médio ponderando de capital, que é obtido através da ponderação de cada fonte de recursos por sua proporção do valor total de mercado da empresa.
WWaiver:Renúncia a qualquer direito legal. Pedido de perdão de um país ao FMI, por não ter cumprido as metas impostas.
WWall Street:Rua de Nova Iorque, que também significa a comunidade financeira de Nova Iorque, englobando bolsas, sedes de bancos, corretoras, companhias de seguros e outras instituições financeiras. Influencia o mundo financeiro global.
WWall Street Journal:Diário dos EUA, fundado em 1889 em Nova Iorque, especializado em assuntos financeiros e econômicos. Também escreve sobre outras áreas de notícias.
WWarrants:Títulos que dão ao seu portador o direito, mas não a obrigação, de comprar ações de uma empresa, com preço específico fixo num prazo mais longo que os direitos de subscrição normais.
WWarranty:Garantia, fiança.
WWash transaction:Operação fictícia em que o vendedor e o comprador é o mesmo.
WWatered Stock:Ato de emitir ações cujo valor nominal excede o valor do capital investido numa empresa. Isso provoca a diluição na participação acionária.
WWide market:Mercado com grande diferença entre o preço de compra e o de venda de um título.
WWindow dressing:Prática de mascarar os balanços, para apresentar resultados melhores. Foi o que a Enron e a WorldCom fizeram.
WWinning bid:Lance vendedor de uma emissão.
WWorking control:Controle acionário de uma empresa.
WWrite down:Expressão que significa a reavaliação de títulos de dívidas ou outros papéis, quando seu valor de mercado está mais baixo do valor escritural.
WWrite off:Escrituração de uma perda proveniente de uma dívida não paga.
YYankee bond:Título de emissão estrangeira pagável em dólares e registrado na SEC (CVM americana).
YYield:Rentabilidade. Consiste nos juros ou dividendos pagos em percentual do valor atual.
YYield on Stocks:Relação entre os dividendos pagos e o valor da ação. É calculado tendo como numerador o dividendo distribuído por ação e como denominador o preço atual da ação. Pode ser visto como um rendimento da ação, independente da valorização em bolsa.
ZZEG:Zero Economic Growth significa ausência de crescimento econômico.
ZZerar:Termo que significa saldar um débito, equilibrar uma situação de déficit na compra ou venda de opções ou títulos ou livrar-se de um ativo.
ZZero-Coupon bond:Título que não proporciona o pagamento de juros, sendo vendido com desconto sobre o valor de face e na data do vencimento paga o valor de face. A rentabilidade consiste na diferença entre o preço que o título foi comprado e o seu valor de face.